Distanciamento e uso de máscaras ainda são problemas em Marechal Floriano

Manter o distanciamento entre as pessoas e usar as máscaras faciais. As duas atitudes implantadas em toda a sociedade mundial, após o surgimento da pandemia Coronavírus, com o objetivo de evitar a contração da doença, ainda é problema para muitos moradores de Marechal Floriano.

A comprovação é da Secretaria Municipal de Saúde, que conta com a colaboração de agentes da diretoria de Esporte, Secretarias de Saúde, Educação, Turismo e de outros setores da municipalidade. Nos últimos dias houve as doações das máscaras faciais pelos agentes.  

O diretor de Esportes Cláudio Lobo, comentou que ainda há muitos problemas para resolver e o grupo envolvido tenta de todas as formas dar orientações às pessoas sobre as necessidades primordiais para não contraírem o Coronavírus. “Nos campinhos de areia pulavam os alambrados para jogar bola e nas pontes sobre o Rio Jucu parte das fitas de isolamento sumiu. Isso não poderia ter sido feito”.

Cláudio afirma que está sendo realizado um trabalho de conscientização com o apoio dos feirantes, lojistas e comerciantes para solicitarem aos clientes que não venham acompanhados dos familiares para realizarem as suas compras. “O que precisamos fazer é isso: promover o distanciamento”.

Cláudio acrescentou que a credibilidade durante a saída às ruas pelos agentes da municipalidade, parecia ter aumentado, principalmente no momento quando as pessoas eram presenteadas com uma máscara facial. “Ações sempre respaldadas com muitas explicações sobre a atual situação”, conclui.