Ordem de serviços para a duplicação da BR-262 é assinada em Brasília

Um trecho de sete quilômetros da BR-262 deve começar a ser duplicado a partir da próxima semana. A ordem de serviço para a execução da obra foi dada pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella, na manhã desta terça-feira (10), em Brasília. A assinatura contou com a presença do vice-governador César Colnago, acompanhado da bancada federal capixaba.

O trecho vai do trevo de Paraju até as proximidades do Zoológico de Marechal Floriano, entre os quilômetros 49,38 ao km 56,66 da rodovia. A previsão de conclusão é de um ano, segundo o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Ezio Gonçalves dos Reis. A obra, orçada em R$ 70 milhões, foi solicitada pelo Ministério Público Federal, levando em conta o número de acidentes no local.

Para o vice-governador, a duplicação é esperada e necessária. “A BR-262 é uma estrada importantíssima para a economia capixaba, tanto para o transporte de cargas quanto para o turismo. Pela topografia e pelo tempo de construção da estrada, ela apresenta número elevado de acidentes, o que confirma a necessidade de ampliação”, explica.

De acordo com o Dnit, todas as licenças ambientais estão prontas, o que permite o início da instalação do canteiro de obras para servir de apoio na execução da duplicação.