PEC dos Precatórios: ‘faltou compreensão do STF e do Legislativo’, diz Guedes

Publicado em 06/11/2021 às 08:20

Compartilhe

103722


source
PEC dos Precatórios: 'faltou compreensão do STF e do Legislativo', diz Guedes
Edu Andrade/Ascom ME

PEC dos Precatórios: ‘faltou compreensão do STF e do Legislativo’, diz Guedes

No dia seguinte à aprovação da  PEC dos Precatórios em 1º turno, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira que faltou “compreensão do Supremo e do Legislativo”, que impuseram ao governo o limite que é o teto de gastos, “inviabilizando, inclusive, os programas sociais”.

Em seu discurso de cerca de 40 minutos, Guedes disse que os precatórios caíram como um meteoro nas contas do governo e que aumentaram 100% de um ano para outro.

O ministro, no entanto, não questionou o mérito das decisões judiciais.

“Absolutamente, têm que ser cumpridos, todos eles. Agora, uma coisa é a exiquilibidade de um orçamento e a previsibilidade destes gastos. A primeira formulação da nossa PEC dos precatórios era exatamente para que se pagassem todos os de pequeno valor e fracionassemos e os superprecatórios para dar previsibilidade à escalada de gastos públicos. Nós olhamos para esta despesa como as outras. Da mesma forma que o controle da Previdência exigiu sacrifícios, que o funcionalismo público ficou um ano e meio sem reajuste na pandemia, precisávamos também da compreensão do Supremo e do Legislativo”.

Leia Também

O ministro ainda acrescentou: “O Legislativo nos impôs o limite que é o teto de gastos. E o Judiciário nos empurrou contra o teto inviabilizando, inclusive, os programas sociais”.

Leia Também

Segundo ele, parte dos pagamentos de indenizações que ficarão postergados pode vir a ser pago imediatamente com moeda de privatizações.

“Tudo que venha acima do teto será liquidado ou no ano seguinte ou até instantaneamente com um menu de ofertas que foram oferecidas como ferramentas de privatizações, concessões, venda de imóveis, leilões de petróleo, de aeroportos. Toda a transformação do Estado brasileiro pode ser acelerada na esteira dessas moedas de privatização que passam a vigorar nesse PEC dos precatórios”.

O ministro participou da 3ª Conferência Internacional de Comércio Internacional do Mercosul, realizada na sede da Confederação Nacional do Comércio (CNC), no Rio, para debater a retomada do acordo entre Mercosul e União Europeia.

Veja também

© Ale Cabral/CPB/Direitos Reservados

Medalhistas prestigiam Festival Paralímpico, que ocorre neste sábado

© Leonardo Moreira/FEC/Direitos Reservados

Fortaleza se classifica para sua primeira Libertadores

© Marcelo Cortes/Flamengo/Direitos Reservados

Vice-campeão Flamengo empata com rebaixado Sport em Recife

© José Tramontina/athletico.com.br/Direitos Reservados

Athletico-PR derrota Cuiabá na Arena da Baixada e se afasta do Z4

107879

Comissão da Câmara faz audiência na quarta sobre piso para enfermagem

© 28/10/2021_Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: estado do Rio está com risco muito baixo pela segunda semana

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22 milhões de casos e 615,4 mil óbitos

© Carol Morelli/Arquivo Pessoal

Quarteto feminino bate recorde mundial de natação master