Moradores de rua invadem plataforma e quebram objetos antigos no Museu da Imigração em Marechal Floriano

Nem mesmo a retirada dos dormentes de madeira que facilitam o acesso das pessoas na antiga estação ferroviária, atual Museu da Imigração, em Marechal Floriano, impediram o acesso aos moradores de rua que praticaram revoltantes atos de vandalismo: os vasos antigos que substituíram os que haviam sido quebrados foram totalmente despedaçados.

Moradores de rua invadem plataforma e quebram objetos antigos no Museu da Imigração em Marechal FlorianoA destruição aconteceu novamente na noite de ontem (19), e revoltou moradores e servidores municipais responsáveis pelo setor onde funciona o Museu da Imigração de Marechal Floriano. Os vândalos haviam destruído, na noite anterior, alguns potes com plantas e invadiram a antiga plataforma novamente e destruíram o restante.

Os responsáveis pelo vandalismo são os moradores de rua que se desentendem entre si por quaisquer motivos, devido ao excesso de ingestão de bebidas alcoólicas e, além de agressões próprias, destroem os bens públicos que encontram em suas frentes, provocando revolta aos servidores municipais e moradores.

A secretária de Cultura e Turismo de Marechal Floriano, Goretti Pereira Pinto Gerhardt, comentou que a invasão dos moradores de rua foi vista por servidores e a destruição dos potes de plantas se deu após a tarde, quando a plataforma foi lavada com jatos de água para limpar o que havia sujado anteriormente.

“Os moradores de rua praticam violência entre si e quebram o está à frente”, disse a secretária Goretti, ressaltando que irá registrar um Boletim de Ocorrência ainda hoje. “Somente com o apoio das Polícia Militar ou Civil é que manteremos o nosso trabalho com plena direção”, afirma.