Incêndios florestais destroem a natureza nas montanhas do Estado

Moradores conscientes de Marechal Floriano estão revoltados com o número exagerado de incêndios florestais ocorrendo nos últimos meses, principalmente nesta semana que finda hoje: as equipes do Corpo de Bombeiros trabalham ininterruptamente no controle do fogo para evitar a destruição das florestas.

Nas últimas semanas vários incêndios em toda a região serrana foram debelados, em alguns locais com o apoio de agricultores conscientes que também são contra as queimadas clandestinas e por isso criminosas. Na tarde de ontem uma equipe de bombeiros trabalhou com equipamentos manuais, como enxadas e foices, para controlar um incêndio no Bairro Batatal.

Incendios florestais destroem a natureza nas montanhas do Estado 02Os homens não conseguiram a aproximação direta ao incêndio com o veículo destinado para jatear água devido a falta de acesso ao local e a chegada do período noturno do dia. Eles deixaram o local com aceiro construído e assim conseguiram uma redução importante de terreno exposto ao fogo sem riscos.

O taxista Anderson Nalesso, de Marechal Floriano, acha um absurdo o tratamento que a natureza está recebendo com pessoas incendiando as florestas de Marechal Floriano. “É extremamente necessária a permanência das matas em nossa região para que tenhamos o ar puro para a nossa respiração, além da beleza natural ao nosso favor”.

Incendios florestais destroem a natureza nas montanhas do Estado 03A aposentada Angélica Neves, disse que não entende porque as pessoas tomam essa medida absurda de provocação dos incêndios florestais, o que arrasa com as nossas matas, que consideramos a maior riqueza natural da nossa terra. “É uma tremenda falta de consciência e por isso não podemos admitir mais essa situação”.

Outra pessoa revoltada é o servidor público Rildo Renato Pereira. Segundo ele, os antigos moradores da sede e os proprietários de terrenos souberam preservar as florestas, o que na atualidade não está acontecendo. “Nada mais que uma situação absurda por fogo nas matas que foram preservadas pelos nossos ancestrais”.

O comerciante Jonas Buss, diz que acredita na destruição porque já viu a irresponsabilidade de pessoas que não se ligam à natureza, tratando-a como se existisse somente o dinheiro. “Muitos cortam e queimam as matas para plantar eucaliptos e isso está completamente errado”.