Refrescando o verão!

Mario Luis Martins de Almeida , 07 Março 2017

Refrescando o verão!

Picolé, casquinha, sundae, sorbet (pronuncia-se “sorbê”...), ice cream (em inglês), gelato (em italiano), helado (em espanhol), não importa como você pede, porém estas delícias nos ajudam a suportar o calor que temos que enfrentar nestes dias de verão!

picole01

Você sabia que o sorvete foi inventado muito antes da geladeira e do freezer? Isso mesmo! Embora sua origem tenha se perdido no tempo, é provável que o sorvete tenha surgido na China há cerca de 3.000 anos. No início, ele era mais parecido com a atual “raspadinha”, não levava leite e geralmente era feito com neve, suco de frutas e mel.

Naquela época, no entanto, ele ainda estava longe de ter aquela textura suave que conhecemos hoje e também não levava ovos. Só em meados do século XVII, provavelmente na Itália, os novos ingredientes foram incorporados à receita.

Não há quem resista, estando sob um sol quente, na praia, na piscina ou em outro lugar qualquer, em se deliciar com um picolé da fruta mesmo, e nos sabores mais diversos ou, ainda, com uma daquelas “paletas”, que foram criadas no México, são maiores que os nossos e recheados com geléias, chocolate, doce de leite e outros...

picole02

Em cada região do Brasil podemos encontrar sorvetes e picolés produzidos com frutas locais. Por exemplo, no Nordeste, temos os de cajá-manga, de buriti, de mangaba, de cupuaçu, entre outros. Já aqui no Espírito Santo é fácil achar os de araçaúna, de jaca,de jabuticaba ou de pitanga!

A criatividade do brasileiro inovou com uma forma inusitada e muito interessante para experimentarmos vários sabores de sorvetes ao mesmo tempo: o buffet “a quilo”, ou seja, nós mesmos nos servimos no balcão com aqueles que desejamos, seja numa casquinha ou num copinho, se quisermos colocamos algum tipo de cobertura e pagamos por peso! Acho uma idéia fantástica! Também podemos escolher os sabores, colocar algumas bolas numa embalagem de isopor e levar prá casa!

picole03

Ainda sobre a criatividade dos brasileiros, os sabores mais “exóticos”, se é que podemos dizer assim, estão aqui: chicletes, “Romeu e Julieta” (queijo com goiabada), torta de limão, profiteroles, e por aí vai, tanto nos buffets como até em picolés!

picole04

Um bom programa com a família, nas tardes dos sábados, domingos ou feriados (pode ser qualquer outro dia, também...), desde que a temperatura esteja convidativa para se refrescar, é dar um passeio até uma sorveteria, de preferência à beira-mar, se possível, sentar-se a uma das mesas e degustar um sorvete na taça, existente no cardápio, deixando a preparação por conta dos atendentes: pode ser um milk-shake (sorvete de baunilha batido com leite numa taça alta “suja” de calda de caramelo ou chocolate), banana split (fatias de banana no fundo de uma taça tipo “barquinha”, bolas de sorvete de creme por cima e cobertura de calda de caramelo, castanhas trituradas e cerejas ao marasquino) ou sundae de morango coberto com creme chantilly e alguns morangos frescos por cima, para enfeitar... Como resistir?

picole05

Os italianos são “mestres” na produção de gelati, sorvetes artesanais, utilizando frutas da estação, leite e creme de altíssima qualidade, chocolates escolhidos a dedo, receitas que passam de pais para filhos, gerações após gerações e, eu diria que principalmente, eles produzem os sorvetes diariamente, quer dizer, todos os dias têm sorvetes fresquíssimos! Isso, com certeza, faz uma enorme diferença! Também as casquinhas de biscoito, torradinha no ponto, são de comer de joelhos... Mas nossos vizinhos argentinos não deixam por menos. Há algumas redes de heladerias (sorveterias) espalhadas pela capital, Buenos Aires, e que, inclusive, tem lojas no Brasil e em outros países, produzindo deliciosos sorvetes, em especial, pelo menos para o meu gosto, os de dulce de leche (doce de leite), que são imbatíveis!

picole06

Outras formas de se aproveitar os sorvetes são as tortas e os sorbets. Enquanto as primeiras são a alegria da criançada (dos adultos também...) nas festas de aniversário, servidas em fatias como as de um bolo, utilizando vários tipos de coberturas e de sabores, os sorbets são preparados somente com suco de frutas, na maioria das vezes cítricas, e água, sendo servido entre pratos de uma refeição, para “limpar” o paladar e poder apreciar melhor os sabores do prato seguinte!

picole07

Ainda sobre como utilizar sorvetes na gastronomia, existem diversos drinks que podem ser preparados com eles, como o Champagne & Sorbet (uma bola de sorbet de limão numa taça completada com espumante) ou o “Spezzo Verano”: 50 ml de cachaça, 80 ml de chá gelado de capim santo, 4 bolas de sorbet de limão e 20 ml de licor de maçã verde. Também está em alta o café gelado com sorvete: bata no liquidificador um bola de sorvete de creme, uma xícara de café bem forte, meia xícara de leite, 4 colheres de chocolate e açúcar ou adoçante a gosto. Caramelize uma xícara transparente com calda de chocolate, despeje a mistura e polvilhe com canela! Hummmm!!!!

picole08

Para encerrar, um dos meus drinks preferidos, para degustar na beira da praia, olhando o mar: picolé com vodka! Coloque num copo grande o picolé de sua preferência (de frutas, lógico... Este da foto é de jabuticaba!) e acrescente a vodka, o quanto baste... E lembre-se: se beber, não dirija!

picole09

confira botao coluna 2

 

Histórico