Servidores públicos de Marechal Floriano pedem a reestruturação salarial

Publicado em 25/07/2017 às 17:17

Compartilhe

Mais de 150 servidores públicos do município de Marechal Floriano realizaram uma manifestação, na manhã de ontem (24), em forma de protesto, em frente a sede da Prefeitura da cidade. O grupo reivindicou a reestruturação salarial dos servidores e pediu uma ação da administração municipal para solucionar a situação.

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Marechal Floriano (SINDSMAF), Gelcilene Loiola, a categoria aguarda um posicionamento do prefeito Cacau Lorenzoni, que segundo ela se reuniu com o grupo, após ser eleito em 2016, e afirmou que a reestruturação salarial dos servidores municipais seria efetuada até o final do mês de abril deste ano 2017, como consta na nota divulgada pela diretoria do sindicato.

Gelcilene ainda diz que grupo se reuniu com prefeito, no último mês de abril, onde ele pediu um pediu um novo prazo de 30 dias. “Em abril deste ano, solicitamos uma nova agenda com o prefeito, e perguntamos o que ele poderia fazer e também dissemos que estávamos querendo evitar uma manifestação. O prefeito informou que precisava contratar empresas terceirizadas para desonerar a folha para poder fazer a reestruturação e assim ele fez, contratando duas empresas. Imaginamos que essa reestruturação seria feita de forma automática, só que o aconteceu foi que ele colocou o pessoal na firma e encharcou a folha novamente, sendo que hoje estão com mais ou menos 890 servidores contratos pela prefeitura”, lembra a presidente.

A nota do SINDSMAF também diz que a categoria concedeu, ao invés de 30 dias, um prazo de 90 dias para administração municipal. Segundo o comunicado, o prazo dado a prefeitura acabou no último dia 12 de julho. Após o impasse com a administração local se manter, os servidores decidiram em assembleia paralisar suas atividades durante todo o dia de ontem.

A presidente do SINDSMAF também disse que o grupo deve se reunir nos próximos dias. “Ontem (24), a gente já marcou uma assembleia para a próxima segunda-feira (31), na Câmara Municipal, porque não tivemos uma reposta da prefeitura com essa última manifestação. Vamos debater se iremos fazer outra paralisação, se vamos entrar em greve ou se daremos um novo prazo para o prefeito”, contou.

A Prefeitura de Marechal Floriano divulgou em seu site, na última quinta-feira (20), uma nota de esclarecimento com relação às tratativas e as reivindicações propostas pelo sindicato. A nota diz que o prefeito Cacau Lorenzoni vem se reunindo com os representantes SINDSMAF desde o início do seu mandato, demonstrando, assim, a sua disponibilidade em ouvir as reivindicações dos servidores.

“Dentre as reivindicações propostas nessas reuniões, ficou acordado o aumento do ticket alimentação dos servidores, o que foi cumprido com um adicional de 80% do valor vigente. No período de seis meses de trabalho a atual administração teve como prioridade colocar o pagamento das gratificações dos servidores em dia (25% de gratificação assiduidade, 5% de quinquênio e 3% de progressão)”, destacou a nota da prefeitura.

“Também encaminhamos para a Câmara Municipal o Estatuto dos Servidores com uma proposta de data base de aumento da categoria anualmente, de acordo com a inflação do Governo Federal, que é em torno de 4% a 6%. A Câmara Municipal está analisando”, informou o prefeito Cacau Lorenzoni.

Clique e leia a nota da Prefeitura!

Clique e leia a nota do Sindicato!

Veja também

fungo-se-adapta-ao-calor-corporal

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

dia-de-sol-22-11-freepik

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

onda-de-calor

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

cafeicultura-sustentaavel

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

exportacao-de-abacate

Capixaba exporta abacate para a Argentina

Programa-Retomada-de-Obras-da-Saude

Ministério facilita a entrega de documentação para o Programa Retomada de Obras da Saúde

producao-de-mudas-in-vitro

Saiba como é a produção de mudas in vitro

62-dos-navios-para-exportacao-de-cafe-registram-atrasos-em-junho

62% dos navios para exportação de café registram atrasos em junho