Presidente do Equador decreta estado de exceção contra violência e narcotráfico

Publicado em 19/10/2021 às 09:21

Compartilhe

100970


source
Guillermo Lasso, presidente do Equador
O Antagonista

Guillermo Lasso, presidente do Equador

O presidente do Equador, Guillermo Lasso, decretou estado de exceção em todo o país na noite dessa segunda-feira (18). A justificativa do chefe do Executivo é intensificar a luta contra o narcotráfico, em um momento que o país observa  aumento nos índices de criminalidade.

“Nossas Forças Armadas e policiais se sentirão com força nas ruas porque estamos decretando o estado de exceção em todo o território nacional”, disse o presidente em discurso transmitido pelo EcuadorTV, canal estatal de televisão.

Segundo o mandatário, policiais e militares farão patrulhas nas ruas do país 24 horas por dia durante o estado de exceção. A medida é válida por 60 dias.

“Daremos às forças de segurança o apoio necessário para o combate ao crime”, disse, destacando que o Executivo irá criar uma unidade de defesa legal para proteger os agentes que forem processados “simplesmente por cumprirem o seu dever”.

Leia Também

O estado de insegurança “não apenas se reflete na quantidade de drogas consumidas em nosso país, mas também no número de crimes relacionados hoje à venda de narcóticos”, continuou o governante de direita. 

Nos 8 primeiros meses do ano, foram registrados 55 assassinatos a mais do que todo o ano de 2020, informou o Ministério do Interior.

Pandora Papers

A medida do presidente do Equador vem em um momento em que ele sofre pressão por ter sido citado no “Pandora Papers”, consórcio que revelou operações financeiras de governantes em paraísos fiscais.

Segundo o Pandora Papers,  Guilherme Lasso chegou a controlar 14 offshores, a maioria com sede no Panamá. Ele as fechou depois que o ex-presidente Rafael Correa aprovou uma lei, em 2017, que proibia que candidatos presidenciais tivessem empresas em paraísos fiscais.

Fonte: IG Mundo

Veja também

107714

Cumbre Vieja: mais de 6 mil pessoas ficam desabrigadas por conta das erupções

107712

Alemanha: Merkel se despede após 16 anos como chanceler

107710

Polícia prende homem que estava armado em frente à sede da ONU nos EUA

© Raquel Portugal/FioCruz

Boletim da Fiocruz sinaliza aumento de casos de SRAG em 13 estados

© NIAID

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

© NIAID

País segue tendência estável de transmissão da covid-19

© Arquivo/Gilberto Marques/Governo do Estado de São Paulo

Rio monta estrutura extra para atender casos de gripe

107700

Auxílio gás e Alimenta Brasil são regulamentados por Bolsonaro