Consultor em Gastronomia

Gastronomia

Língua bovina ao molho vermelho

Publicado em 18/03/2021 às 11:26

Compartilhe

Dos miúdos bovinos, como coração, fígado, língua, rins, estômago (também conhecido como “bucho” ou “dobradinha”), miolos, testículos e outros, há quem os adore e há quem os odeie… Eu, particularmente, sou fã de quase todos e costumo apreciá-los sempre que possível! São altamente nutritivos e muito utilizados em pratos gourmets ao redor do mundo. O coração bovino, por exemplo, é uma carne magra e muito rica em proteínas. O fígado é fonte de ferro, que é necessário para diversas funções vitais e é a deficiência mais comum do ser humano, garantindo assim o crescimento saudável das crianças. A língua de boi, uma iguaria apreciada pelos paladares mais exigentes, é rica em fósforo.

Para esta preparação, que serve até 4 pessoas, utilizei uma língua bovina limpa, congelada, pesando 1,3 kg. Iniciei colocando-a, de véspera, na panela de pressão com água fria até cobri-la, 3 folhas de louro, 2 colheres de sopa de vinagre branco e 1 colher de sopa, bem cheia, de sal grosso. Deixei-a fervendo na pressão por 40 minutos. Guardei na geladeira até o dia seguinte.

Tirei-a da panela, dispensei a água do cozimento, retirei algum excesso de gordura que ainda estava lá e fatiei-a, tendo cada fatia, mais ou menos, 1 cm de espessura.

Na mesma panela de pressão, já limpa, refoguei 1 colher de sopa de tempero caseiro de cebola e alho no óleo de milho e 3 cebolas médias, descascadas e cortadas ao meio no sentido longitudinal. Quando as cebolas começaram a dourar, retirei-as e as reservei, à parte.

Coloquei um pouco de azeite na panela de pressão e dei uma rápida selada nas fatias da língua. Em seguida adicionei ½ litro de caldo caseiro de frango, preparado em outra oportunidade, além de 2 colheres de sopa de tempero pronto do Edu Guedes, meia colher de sopa de lemon pepper (tempero à base de casca de limão ralada e pimenta do reino moída) e 2 colheres de sopa de páprica, daí a cor vermelha do molho! Acresci, ainda, 300 g de linguiça suina caseira defumada, em pedaços de 3 cm cada, para dar um sabor especial.

Deixei cozinhando, na pressão, por meia hora. Abri a panela, verifiquei o grau de cozimento da língua e, como ainda estavam um pouco duras acrescentei mais uma xícara do caldo de frango, fechei a panela e voltei com ela para o fogo. Mais meia hora e a língua estava quase “no ponto”. Deixei a pressão escapar, abria a panela, juntei as cebolas e deixei mais 15 minutos na pressão. Após este tempo as fatias estavam bem cozidas, macias e absorveram muito bem os temperos. Tirei a tampa e deixei descansando por uns 10 minutos para, então, dispor as fatias e as linguiças numa travessa e despejar o molho por cima, passando-o por uma peneira. Daí foi direto para a mesa!

Os acompanhamentos foram: arroz branco e batatas bolinha. Estas eu lavei bem e cozinhei-as cortadas ao meio com casca e tudo, só com sal grosso. Quando estavam al dente as escorri e coloquei-as na air fryer até que a casquinha ficasse crocante. Salpiquei um pouco de sal e servi à parte.
Harmonizei com um vinho tinto da uva pinot noir, um casamento perfeito, posso afirmar! Até a próxima e bom apetite!

Veja também

97723

INSS: pagamento de até um salário mínimo começa nesta sexta-feira (24)

97721

INSS: prazo para fazer prova de vida acaba em menos de uma semana

97719

Tempestade Sam ganha força e deve se tornar furacão nesta sexta-feira, nos EUA

2309-unplash

Como a Covid 19 afeta a educação dos alunos? 

97710

Bolsonaro diz que Boris Johnson quer acordo “emergencial” para venda de alimento

97708

Criptomoedas são declaradas ilegais na China e Bitcoin cai quase 8%

97706

Ministério do Turismo age para estimular novos negócios no setor turístico

97704

Polícia prende 28 suspeitos de estuprar adolescente de 15 anos na Índia

Últimos artigos de Gastronomia

Bobó de frango

Assado de tira “de panela”

Barreado

Filé de tilápia ao forno

Língua bovina ao molho vermelho