Câmara vota MP que regulamenta cobertura de planos de saúde

Publicado em 14/12/2021 às 19:20

Compartilhe

© Arquivo/Agência Brasil


O plenário da Câmara concluiu nesta terça-feira (14) a votação da Medida Provisória (MP) 1.067/21, que adota regras para que novos tratamentos obrigatórios sejam incorporados pelos planos e seguros de saúde. O texto garante aos pacientes que ocorra a aplicação dos novos tratamentos se a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não cumprir o prazo para a decisão. A MP segue para análise do Senado.

O parecer da deputada Silvia Cristina (PDT-RO) determina que os  medicamentos contra o câncer de uso oral e domiciliar, inclusive aqueles com tratamento iniciado na internação hospitalar, sejam fornecidos obrigatoriamente pelos planos de saúde, em conformidade com a prescrição médica e desde que estejam registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com uso terapêutico aprovado para essas finalidades.

* Com informações da Agência Câmara de Notícias
 

Edição: Fábio Massalli

Veja também

© Rovena Rosa/Agência Brasil

Anvisa alerta sobre diferença de vacinas pediátricas contra a covid-19

© Reuters/Adrien Fillon/Direitos reservados

Entenda como vai funcionar o autoteste de covid-19

Acidente na Curva da Morte

Curva da Morte volta a ser palco de acidente grave em Domingos Martins

114668

Inflação do aluguel, IGP-M sobe 1,82% em janeiro

114666

Homem sobrevive ao pular do 9º andar de prédio e atingir carro na rua

114664

África: países afetados pela tempestade Ana totalizam 86 mortos

© Marcio Rodrigues/MPIX/CBJ/Direitos Reservados

Na volta ao circuito mundial, Rafaela Silva é ouro em Portugal

Bares-e-restaurantes-vao-ex

Bares e restaurantes vão exigir passaporte da vacina no Espírito Santo