Incaper promove Dias de Campo sobre novas cultivares de café arábica no Espírito Santo

Publicado em 06/05/2024 às 09:53

Compartilhe

agro-06-05-ft-incaper-cafe

Foto: Arquivo Incaper

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) está avaliando novas cultivares de café arábica para recomendar aos produtores do Espírito Santo. Os resultados preliminares desse projeto serão apresentados, a partir deste mês, em Dias de Campo nas principais regiões produtoras da variedade no Estado: Caparaó, Montanhas do Espírito Santo e Noroeste.

Os eventos serão realizados em unidades demonstrativas instaladas em propriedades rurais parceiras da iniciativa. O primeiro ocorre na próxima terça-feira (07), em Venda Nova do Imigrante, na propriedade do produtor Fabiano Avanci, na localidade de São Roque. Ainda em maio, recebem o evento os municípios de Santa Teresa (dia 11) e Guaçuí (dia 18).

Até a indicação das cultivares, que está programada para o mês de outubro deste ano, serão promovidos dez Dias de Campo. “Técnicos e produtores terão a oportunidade de conhecer detalhes dos nossos estudos e o potencial de cada uma das dez cultivares que estão sob avaliação”, explica o pesquisador do Incaper, Maurício Fornazier, responsável pelo projeto.

Resultados relativos à produtividade das cultivares serão apresentados pelo extensionista do Incaper Cesar Krohling. Empresas parceiras participarão com orientações sobre técnicas de manejo dos cafeeiros usadas nas unidades demonstrativas, entre as quais duas são conduzidas em sistema de cultivo orgânico.

Intitulado “Novas cultivares de café Arábica para o ES: avaliação agronômica e impacto socioeconômico-ambiental”, o projeto integra as ações estratégicas do Governo do Estado na área da agricultura. É financiado com recursos do Banco de Projetos da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e da iniciativa privada.

“É extremamente importante a adoção de novas cultivares de café arábica para o Espírito Santo, pois elas são resistentes à ferrugem e não necessitam do uso de agrotóxicos para seu controle. Além disso, têm produtividade superior às cultivares do grupo dos Catuaís e diferentes ciclos de maturação (precoce, médio, tardio e supertardio), o que permite a programação da colheita, com otimização de recursos de mão de obra e das estruturas de pós-colheita para o processamento”, frisa o pesquisador Maurício Fornazier.

Dias de Campo do projeto em maio

Dia 07
Venda Nova do Imigrante
Horário: das 12h30 às 17h00
Local: Propriedade de Fabiano Avanci – São Roque
Mais informações: (28) 3546-1277 / [email protected]

Dia 11
Santa Teresa
Horário: das 7h30 às 12h00
Local: Fazenda Boa Esperança (produtor José Ant. Demuner) – Córrego Frio
Mais informações: (27) 99739-2329 / [email protected]

Dia 18
Guaçuí
Horário: das 8h00 às 12h00
Local: Salão Comunitário – Fazenda Santo Antônio – Comunidade de Santo Antônio
Contatos: (28) 3553-1791 / [email protected]

Fonte: Incaper

Veja também

cafes-es

Cafés do Espírito Santo no topo do Prêmio Artesanal de Cafés Especiais Torrados

cafe-conilon

Produção de café conilon deve ser a 3ª maior na série histórica no Espírito Santo

Pesquisa-utiliza-biocarvao-de-casca-de-laranjeira-e-eucalipto-para-filtrar-esgoto

Pesquisa utiliza biocarvão de casca de laranjeira e eucalipto para filtrar esgoto

roberto-kautsky-1

Roberto Anselmo Kautsky: o botânico capixaba que revelou ao mundo a beleza das orquídeas do Espírito Santo

Programa-Saude-na-Escola-leva-conscientizacao-e-cuidados-a-criancas-e-adolescentes-em-todo-Estado

Programa Saúde na Escola leva conscientização e cuidados a crianças e adolescentes em todo Estado

Recorde-nas-exportacoes-do-agro-capixaba-no-1o-quadrimestre-de-2024

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre de 2024

Mulheres-Positivas-abre-periodo-de-indicacoes-para-premio-voltado-a-empreendedoras-no-Agro

Mulheres Positivas abre período de indicações para prêmio voltado à empreendedoras no Agro

brasil-24-05-ft-Rafa-Neddermeyer-abrigo-chuvas-sul

Pessoas físicas doam R$ 35 mi do IR para fundos do Rio Grande do Sul