Agricultores de Cariacica participam de excursão técnica para Unidade de Referência em Agroecologia do Incaper

Vinte agricultores do município de Cariacica participaram de uma excursão técnica para conhecer a Unidade de Referência em Agroecologia do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), localizada na Fazenda Experimental Mendes da Fonseca, em Domingos Martins.

A atividade foi uma ação conjunta entre o escritório local do Incaper de Cariacica, a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Pelo Instituto, acompanharam a atividade os extensionistas Leonardo Moreira Borges de Souza, Haroldo Mascarenhas e Rodgers de Barros.

O objetivo da excursão foi mostrar pontos importantes da produção orgânica e o potencial de utilização dos recursos internos da propriedade. Os agricultores foram recepcionados e monitorados pelo pesquisador do Instituto Jacimar Luis de Souza, que é doutor em Agroecologia.

Agricultores de Cariacica participam de excursao tecnica para Unidade de Referencia em Agroecologia do IncaperDurante a atividade, o pesquisador falou sobre a importância do aproveitamento dos recursos internos da propriedade na agricultura orgânica e mostrou todo o processo de compostagem da unidade experimental e os aspectos importantes sobre o manejo adequado para se obter um bom composto orgânico.

Além disso, ele destacou aspectos relacionados à produção de biomassa para a viabilidade da compostagem e da adubação verde dentro da propriedade, à importância do uso e resgate de sementes crioulas, e falou sobre como se fazer o próprio substrato para a produção de mudas. Por fim, mostrou a área de cultivo sob manejo orgânico da unidade experimental, em campo aberto e em cultivo protegido.

Conforme o extensionista do Incaper Leonardo Moreira Borges de Souza, a atividade foi muito positiva, pois os agricultores saíram muito entusiasmados com os conhecimentos adquiridos. “O grande sucesso da excursão técnica foi a compostagem. Muitos afirmaram que achavam que precisariam de uma grande quantidade de mão de obra para viabilizar a prática na propriedade. Porém, depois da visita, se sentiram motivados a adotar a prática em suas propriedades”, relatou Leonardo.