Nestes sábado (19) e domingo (20), os parques estaduais Pedra Azul, em Domingos Martins; Forno Grande, em Castelo; e Cachoeira da Fumaça, em Alegre, estarão abertos ao público para visitação. De acordo com a classificação do mapa de Gestão de Risco da Covid-19, os municípios em que esses parques ficam localizados estão atualmente em Risco Baixo.

Comemorado nesta sexta-feira (18), o Dia dos Símbolos Nacionais homenageia quatro ícones do nosso país: o hino, a bandeira, o selo e o brasão. A data relembra parte da nossa história, realça o nosso orgulho como nação e reforça a importância do turismo cívico para o Brasil. Reconhecendo a importância de tal segmento, o Ministério do Turismo assinou recentemente um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com o Governo do Distrito Federal para despertar o interesse dos jovens de todo o país em conhecer Brasília por meio do Roteiro Cívico Pedagógico.

O setor de turismo já está retomando as atividades. No Espírito Santo, a região de montanhas saiu na frente. Os empreendimentos seguem os devidos cuidados necessários, cumprindo alguns protocolos importantes estabelecidos pelos órgãos de saúde. Inclusive foi criado um selo que atesta que os empreendimentos estão cumprindo com as recomendações necessárias para evitar a contaminação pelo coronavírus (Covid-19).

Com o objetivo de monitorar as atividades ligadas ao segmento de turismo no Espírito Santo, o Observatório de Turismo mantém pesquisa nos meios de hospedagem de Vitória, Vila Velha e Serra em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH/ES) e a Prefeitura de Vitória. Nos últimos meses, o monitoramento tem sido ainda mais importante para o setor, pois revela os impactos causados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid 19).

O secretário executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno, e o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashivili, assinaram nesta segunda-feira (14.09) memorando de entendimento para a promover o setor para o pós-pandemia no Brasil. O termo, assinado em Madrid, na Espanha, busca desenvolver e promover a indústria do turismo como motor de crescimento econômico, desenvolvimento sustentável e redução da pobreza, por meio da criação de emprego e valorização do patrimônio cultural e natural.

No Espírito Santo, até esta quinta-feira (10), 434 empresas do segmento de turismo se apresentam como adequadas às normas sanitárias de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19). O levantamento reúne dados relativos a adesão ao selo Turismo Responsável Limpo e Seguro, recomendado pelo Governo do Estado.

Projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados prevê a criação do Programa de Apoio Emergencial ao Setor do Turismo, que vai injetar R$ 2,5 bilhões em cidades turísticas e também ajudar empresas e pessoas físicas que atuam no segmento. Pela proposta, os recursos vão concedidos a título de doação, ou seja, não se trata de uma linha de crédito.