Feira de Marechal Floriano busca dar segurança de acordo com decreto

Entrada dos feirantes e compradores das verduras, frutas e outros alimentos somente usando máscaras faciais, fitas plásticas instaladas nas laterais, traseira e frente do espaço da Feira da Roça, em Marechal Floriano, para evitar aglomerações e ainda uso de álcool nas mãos no acesso principal também exigido.

Feira de Marechal Floriano busca dar seguranca de acordo com decreto 02Assim acontece o funcionamento hoje (13) da Feira da Roça, na sede de Marechal Floriano, que esteve paralisada no último sábado e hoje se encontra sob a vigília de seguranças e fiscais do setor municipal de Vigilância Sanitária da Prefeitura Municipal.

As exigências para o funcionamento com normalidade absoluta da Feira da Roça passam pela Secretaria Municipal de Saúde de Marechal Floriano. “Queremos ser um exemplo e dar continuidade à feira, mas com obediência às exigências naturais impostas para evitar a pandemia Coronavírus, o Covid 19”, disse a secretária Arlete Silva.

Feira de Marechal Floriano busca dar seguranca de acordo com decreto 04O feirante Lino Borlot, de Soído de Baixo, gostou da atitude do prefeito João Carlos Lorenzoni que exigiu todos os pormenores de segurança para a população florianense e visitantes que compram alimentos na Feira da Roça. “Todo o espaço é monitorado pela fiscalização municipal, atitude que considero como primordial para manter a saúde da população”.

Feira de Marechal Floriano busca dar seguranca de acordo com decreto 05Morador de Marechal Floriano há mais de 20 anos, o aposentado João Martins acha que essas situações impostas, principalmente o uso das máscaras e o fechamento do espaço para evitar aglomerações são perfeitas e ninguém tem o direito de reclamar. “O que importa é que entremos e saiamos mantendo a saúde”.

O também morador Clementino Rossi garante que a atitude da Prefeitura Municipal é correta porque busca manter o que é solicitado pelo Estado. “O governador Casagrande e o prefeito Lorenzoni reagem favoráveis à manter a saúde com iniciativas como essas porque o Coronavírus já surgiu em Marechal Floriano”, disse