Líder de seita acusado realizar sacrifícios humanos morre a caminho do tribunal

Publicado em 26/10/2021 às 18:21

Compartilhe

102209


source
Kevin Smith
Reprodução

Kevin Smith

Kevin Smith, líder de seita jamaicana denunciada por realizar sacrifícios humanos, morreu nesta terça-feira (26). Ele estava a caminho do tribunal quando sofreu um acidente de carro. 

Smith tinha 39 anos e fazia parte da seita International Kingdom Restoration Ministries. Ele estava preso desde 17 de outubro acusado de participar da morte de pessoas que teriam servido como sacrífico durante um culto. 

Segundo o The Sun, os seguidores de Smith cortaram a garganta de uma mulher, mataram outra pessoa e esfaquearam uma terceira vítima. O ritual era realizado para “tirar o sangue impuro de seus corpos”. 

Além dele, um policial que estava no veículo também morreu. Outras duas pessoas ficaram gravemente feridas. 

Leia Também



Fonte: IG Mundo

Veja também

© Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22,1 milhões de casos e 615,6 mil mortes

© Pedro Souza/Atletico

Bahia respira, Grêmio agoniza e Atlético-MG faz a festa com a torcida

108004

Paulo Guedes define nomes para reestruturação do Ministério da Economia

108000

EUA: Memorial em homenagem a Anne Frank é vandalizado com suásticas

107998

Petrobras vai reduzir preço dos combustíveis esta semana, diz Bolsonaro

107993

Maduro é retratado como super herói em desenho de TV estatal na Venezuela

107991

Presidente de Portugal dissolve Parlamento e convoca eleições antecipadas

107989

Mais da metade dos maiores de 18 anos consomem bebidas alcoólicas