Jararaca capturada pelo Corpo de Bombeiros vai para serpentário em Melgaço

Publicado em 12/12/2016 às 10:59

Compartilhe

Uma cobra venenosa, cientificamente denominada por “Bothops jararacuçu”, conhecida na zona rural e interior onde é tida pela nomenclatura de “jararacuçu”, foi capturada na tarde desta sexta-feira (09) por uma equipe do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Marechal Floriano.

cobraO animal peçonhento que assustou famílias, na Rua Alvino Wassem, ao lado do trevo da Rodovia BR-262, foi capturado pelos bombeiros e a seguir encaminhado ao proprietário de um serpentário em Melgaço, distante 28 quilômetros de Domingos Martins, Matias Nickel.

Já ancião, Nickel, trabalha no recolhimento de cobras venenosas encontradas no Estado, há mais de três décadas. Ele recebe os animais peçonhentos e os encaminha em embalagens com segurança para os laboratórios.

De acordo com o comandante do Batalhão do Corpo de Bombeiros, o coronel Amaral, Nickel encaminha para institutos que produzem soros nos estados do Paraná e São Paulo. A operação de captura e entrega ao serpentário teve a presença do sargento Leandro, do cabo Luiz Felipe e soldado Will.

Veja também

geral-16-02-policlinica-pmmf

Vagas de emprego com salários de quase R$ 2 mil em Marechal Floriano

cultura-15-07-ft-divulgacao-candidatas-festa-morango

Seis jovens concorrem ao título de rainha da Festa do Morango

geral-15-07-ft-gov-es-confecao-roupas-unidade-prisional

Unidade prisional confecciona conjuntos em TNT para pacientes em situação de rua

brasil-15-07-ft-Reproducao-Redes-Sociais-PMERJ-eperacao-policial-Rio

Rio tem megaoperação policial em dez favelas na manhã desta segunda

mundo-15-07-ft-Rebecca-DROKE-ataque-Trump

Trump dá primeira entrevista após levar tiro: ‘Deveria estar morto’

geral-15-07-ft-Renan-Louzada-incendio-pedra-azul

Incêndio em Pedra Azul é combatido por equipes dos bombeiros

centro-cirurgico

Centro Cirúrgico 2.0: projeto para otimizar processos e garantir agilidade a quem precisa de cirurgia pelo SUS capixaba

ministerio-da-saude

Ministério da Saúde já realizou mais de 2.600 atendimentos à estados e municípios