Governo estuda alternativa para pagamento de R$400 do Auxílio Brasil em dezembro

Publicado em 06/12/2021 às 14:21

Compartilhe

108083


source
Governo estuda pagar benefício de R$ 257 e depositar retroativos até o Natal
Divulgação/Ministério da Cidadania

Governo estuda pagar benefício de R$ 257 e depositar retroativos até o Natal

O governo federal tenta encontrar alternativas para efetivar o pagamento das parcelas de R$400 do Auxílio Brasil ainda neste mês. Para isso, o Palácio do Planalto pediu maior agilidade na promulgação da proposta, travada na Câmara após as diversas alterações feitas no Senado.

Em nota, o Ministério da Cidadania informou estudar alternativas para promulgar a matéria o mais rápido possível. Segundo a pasta, o pagamento do benefício inicia todo dia 10, por isso a necessidade de agilizar a sanção da proposta.

“O Ministério da Cidadania adotará as medidas necessárias para iniciar ainda neste mês o pagamento do valor complementar para garantir o repasse de pelo menos R$ 400 às famílias beneficiárias do Auxílio Brasil, novo programa de transferência de renda permanente do Governo Federal”, disse.


Leia Também



“No momento, a pasta trabalha com a promulgação da PEC dos Precatórios para custear o pagamento”, completou o Ministério.

Para a jornalista Carla Araújo, do UOL, um membro do Palácio do Planalto informou que se não houver solução nesta semana, o ministério poderá pagar os R$ 257 pagos em novembro, mas espera pagar os retroativos dos dois meses até o Natal.

Veja também

© Tânia Rêgo/Agência Brasil

Covid-19: Brasil bate 25 milhões de casos de infectados

114682

Governo pagará bolsas a jovens e desempregados acima de 50 anos

114680

Petrobras e “Odebretch” desistem de oferta e ação da Braskem sobe 10%

114678

Aprenda a fugir de golpes em 5 passos

© Rovena Rosa/Agência Brasil

Anvisa alerta sobre diferença de vacinas pediátricas contra a covid-19

© Reuters/Adrien Fillon/Direitos reservados

Entenda como vai funcionar o autoteste de covid-19

Acidente na Curva da Morte

Curva da Morte volta a ser palco de acidente grave em Domingos Martins

114668

Inflação do aluguel, IGP-M sobe 1,82% em janeiro