Bolsonaro diz que Boris Johnson quer acordo “emergencial” para venda de alimento

Publicado em 24/09/2021 às 10:20

Compartilhe

97710


source
Boris Johnson e Bolsonaro em Nova Iorque
O Antagonista

Boris Johnson e Bolsonaro em Nova Iorque

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (23) que o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu um acordo “emergencial” para evitar o desabastecimento. O Reino Unido enfrenta uma onda de escassez alimentícia por conta do Brexit, a saída do bloco da União Europeia, e da crise provocada pela pandemia.

Sem especificar o gênero alimentício, os jornais britânicos especulam que se trate de peru, para evitar a falta do alimento no Natal. Os dois se encontraram em Nova Iorque para a Assembleia-geral das Nações Unidas.

 “Essa batata passei para a (ministra da Agricultura) Tereza Cristina”, disse o chefe do Planalto na tradicional live de quinta. 


Veja também

© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

Série B: Vasco sai na frente nos Aflitos, mas cede empate ao Náutico

© Nicolle Mendes/Aparecidense/Direitos Reservados

Série D: Aparecidense-GO vence ABC-RN de virada e fica perto da final

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: Brasil registra 6,2 mil novos casos e 187 óbitos

© REUTERS/Alberto Lingria/direitos reservados

Mourinho é expulso, e Roma encerra série de vitórias do líder Napoli

© Reuters/Phil Noble/Direitos Reservados

Salah marca três vezes em goleada do Liverpool sobre United por 5 a 0

101878

Auxílio Brasil já tem propaganda, mas não tem valor ou fonte de renda definidos

101876

Mercado de quentinhas sofre com inflação de alimentos e do gás de cozinha

© REUTERS/Albert Gea/Direitos reservados

Alaba marca na vitória do Real sobre Barça, o 1º clássico da temporada