BR-262 é liberada no sistema para e siga após trabalho de limpeza da pista

Após um intenso trabalho de limpeza do trecho da BR-262, em Domingos Martins, que está interditada desde a manhã de ontem (14), a pista foi liberada, por volta de 14 horas de hoje, no sistema pare e siga.

Na tarde de ontem, a previsão dada pelo superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Romeu Scheibe Neto, era de três dias para a liberação da rodovia. Entretanto, após a intensificação dos trabalhos de limpeza, a pista pôde ser aberta para o tráfego controlado, no início da tarde de hoje.

Por meio de um vídeo, o deputado federal Evair de Melo, que acompanhou os trabalhos na rodovia desde a manhã de hoje, mostrou os primeiros veículos chegando a Santa Isabel, distrito de Domingos Martins. Os veículos saíram em comboio, acompanhado por carros do Dnit e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do quilômetro 26, em Viana.

Fotos de um drone, manuseado pelo comerciante Luciano Ribeiro, da empresa Via Rural, feitas com exclusividade para o portal Montanhas Capixabas, mostram os primeiros veículos chegando a Santa Isabel. As imagens também mostram, de um ângulo exclusivo, os pontos da rodovia onde ocorreram os deslizamentos.

BR com lama

O superintendente do Dnit explicou como será o trânsito durante o dia de hoje. “Liberamos meia pista e vamos funcionar no sistema pare e siga, em comboio, cada vez com um sentido da pista. Na medida em que vamos fazendo isso, vamos diminuindo o número de veículos, e vamos ficar concentrados com o pare e siga no quilômetro 26. Eu sugiro a redução de velocidade, pois a pista está escorregadia e temos trecho com muita lama, e todo cuidado é pouco, sobretudo os motociclistas”, informou o superintendente.

O deputado Evair de Melo fez questão de agradecer ao empenho do Dnit em intensificar o trabalho para que a pista fosse liberada antes do previsto. “Os empresários de turismo e os agricultores iriam ser muito prejudicados, mas com o apoio das prefeituras, o Dnit conseguiu limpar com eficiência a rodovia”, destacou.

Durante o tempo em que a rodovia ficou interditada, a maior parte do trânsito que seguia em direção às montanhas foi desviada para a BR-101, passando por Alfredo Chaves, Araguaia e saindo do Posto do Café, que fica no km 58,5 da BR-262, em Marechal Floriano. O mesmo trajeto foi usado por quem seguia no sentido contrário, o que intensificou muito o trânsito em pequenas vilas, como Araguaia.