Peixe é encontrado com parasita que come sua língua e depois a substitui

Publicado em 22/10/2021 às 14:21

Compartilhe

101645


source
Peixe é encontrado com parasita que come língua
Reprodução/redes sociais

Peixe é encontrado com parasita que come língua

No início desta semana, funcionários do Departamento de Parques e Vida Selvagem do Texas (EUA) divulgaram uma imagem inusitada: um estranho parasita na boca de um peixe.

O pargo contendo o parasita foi encontrado no Parque Estadual de Galveston Island. Especialistas brincaram em postagem no Facebook que a criatura era um marciano antes de dar a verdadeira explicação sobre o isópode.

O parasita , chamado de piolho comedor de língua, conecta-se à boca do peixe e, em seguida, substitui a língua dele, de acordo com reportagem do “Houston Chronicle”.

O parasita, então, sobrevive na boca do peixe se alimentando do muco do animal hospedeiro. Este é o único exemplo conhecido de um parasita substituindo um órgão do seu hospedeiro.

Leia Também

Embora o modus operandi do animal possa ser a matéria-prima de pesadelos, os autores da postagem disseram que o parasita comedor de língua “não mata os peixes nem afeta os humanos”.

A reação de estranheza à criatura assustadora pode ser resumida por um comentário de usuário da rede social:

“Obrigado pelo novo material de pesadelo. Os velhos monstros estavam ficando meio chatos.”

Fonte: IG Mundo

Veja também

107714

Cumbre Vieja: mais de 6 mil pessoas ficam desabrigadas por conta das erupções

107712

Alemanha: Merkel se despede após 16 anos como chanceler

107710

Polícia prende homem que estava armado em frente à sede da ONU nos EUA

© Raquel Portugal/FioCruz

Boletim da Fiocruz sinaliza aumento de casos de SRAG em 13 estados

© NIAID

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

© NIAID

País segue tendência estável de transmissão da covid-19

© Arquivo/Gilberto Marques/Governo do Estado de São Paulo

Rio monta estrutura extra para atender casos de gripe

107700

Auxílio gás e Alimenta Brasil são regulamentados por Bolsonaro