Dicas de saúde

Vida Saudável

O desafio de enfrentar o medo de ir ao dentista

Publicado em 10/02/2017 às 15:00

Compartilhe

Em pleno século XXI é comum ouvir pessoas dizendo que tem medo de ir ao dentista. Trauma na infância, histórias de conhecidos que sofreram com tratamento odontológico, dor e falta de informação podem justificar a ausência de tanta gente nos consultórios. Apesar do auxílio da mídia em divulgar informações é possível observar o quanto as pessoas carecem de conhecimento em relação à saúde do corpo e bucal.

De acordo com dados do Conselho Federal de Odontologia de 2014, mais de 20 milhões de brasileiros nunca tiveram acesso ao dentista. 68% da população não sabe que tem direito a tratamento odontológico público e 46% consideram difícil o acesso ao dentista.

A pesquisa só mostra o quanto a saúde bucal não é prioridade na vida dos brasileiros. Aquele famoso ditado popular “É melhor prevenir do que remediar” faz todo sentido. Prevenir é muito mais barato, devido ao lado econômico e menos invasivo no sentido de atendimento.

E na medida em que as pessoas recebem informações sobre odontologia, elas avaliam o tratamento de outra forma. Passam a ser mais tolerantes com os agendamentos, procuram um atendimento público, caso não tenham condições de pagar e se organizam financeiramente, caso precisem de um atendimento privado. Ter conhecimento auxilia demais! Tudo que nos é familiar é mais bem aceito e buscar informações sobre os tratamentos auxilia na quebra de barreiras.

A rotina no consultório mostra o quanto o medo impede que a população cuide da saúde bucal. E a partir do momento em que recebem informações, escolhem profissionais sérios e almejam ultrapassar a barreira que tem, o desejo de se cuidar é despertado.

Atualmente, a tecnologia é uma grande aliada nos tratamentos de saúde, porque agiliza os atendimentos, combate a dor e assim, desgasta menos os pacientes.

Ter o hábito de consultar o dentista, pelo menos uma vez ao ano, faz toda diferença na qualidade de vida. E ter hábitos simples em casa como escovar os dentes após as refeições e usar fio dental também ajudam muito na prevenção de doenças bucais. Cuidar da saúde é fundamental para ter uma longa e boa vida!

Veja também

© Leonardo Moreira/FEC/Direitos Reservados

Fortaleza se classifica para sua primeira Libertadores

© Marcelo Cortes/Flamengo/Direitos Reservados

Vice-campeão Flamengo empata com rebaixado Sport em Recife

© José Tramontina/athletico.com.br/Direitos Reservados

Athletico-PR derrota Cuiabá na Arena da Baixada e se afasta do Z4

107879

Comissão da Câmara faz audiência na quarta sobre piso para enfermagem

© 28/10/2021_Fernando Frazão/Agência Brasil

Covid-19: estado do Rio está com risco muito baixo pela segunda semana

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra 22 milhões de casos e 615,4 mil óbitos

© Carol Morelli/Arquivo Pessoal

Quarteto feminino bate recorde mundial de natação master

107871

Morre Gulliver, primeiro cachorro de William Bonner e Fátima Bernardes

Últimos artigos de Vida Saudável

OBESIDADE, CIGARRO E CARNE VERMELHA AUMENTAM O RISCO DE CÂNCER DE INTESTINO

Câncer silencioso atinge os ossos de crianças e adolescentes

Alimentos saudáveis aumentam os níveis de serotonina, conhecida como hormônio da felicidade

A importância da sustentabilidade empresarial na estética

Os efeitos da pandemia, consequentemente do isolamento, para crianças e adolescentes