Homem perde a perna e reaprende a viver com ajuda de cavalo

Publicado em 07/11/2021 às 18:50

Compartilhe

103816


source
Charles e a égua, Amerigo, têm uma incrível amizade
Reprodução/Facebook

Charles e a égua, Amerigo, têm uma incrível amizade

Charles Robbins-Linford nunca pensou em ter um cavalo em casa, mas ele não consegue mais se ver de outra maneira. Amerigo, uma égua branca que simplesmente bate na porta e vai entrando, sempre que quer, sem precisar pedir licença.

Charles precisou trocar a porta por uma que ajudasse a ver quando a égua se aproximasse e facilitasse a entrada do animal para dentro da casa. Amerigo faz até mesmo as refeições junto a família, comendo tranquilamente uma boa quantidade de cenouras e, às vezes, tentando tomar o café do tutor, que se diverte com a amiga, que ele chama de “gigante gentil”.

O homem conta que a encontrou durante um resgate em Montana, nos Estados Unidos, e a primeira coisa em que pensou foi em como aquele animal era incrível. No início, ele começou montar e sair para cavalgar com ela, até que sofreu um acidente.

Amerigo e Charles
Facebook/Charles Robbins-Linford

Amerigo e Charles

“Ela tinha ficado muito ansiosa, por isso não era ela mesma e não parava de me dizer que não queria ser montada. Eu, como ser humano, fiz tudo errado. Acabei me levantando em cima dela, ela me deixou de lado, e eu acabei por me enterrar debaixo dela, e ela desceu em cima de mim com seu casco de costas e esmagou minha perna, logo abaixo do joelho”, contou.

Pós o acidente, ele passou por seis cirurgias e, na sétima, precisou ter a perna amputada. Durante a recuperação, Amerigo foi o maior suporte emocional que recebeu. A égua apoiava a cabeça pela janela e o fazia companhia.

“Ela estava lá por mim. Ela estava me mostrando que eu precisava perdoar a mim mesmo e não precisava perdoar a ela. Ela não precisava de meu perdão, ela precisava do meu amor”, contou ele.

Leia Também

Charles diz que o vínculo que tem com Amerigo é maior do que o que jamais terpa com qualquer outro animal.  “Ela é como eu perdi a minha perna, e ela também é como eu reaprendi a viver”, afirmou.

“Eu amo a parte ousada dela tanto quanto as partes doces, onde ela vem correndo até mim para me consolar. Quando está invadindo a casa porque está chovendo lá fora, ou por causa de um cervo, ou mesmo quando ela quer dar uma lambida em um copo”, brincou.

Para o homem, que também tem outros animais de estimação, Amerigo significa amor incondicional. “Ela significa compaixão e a capacidade de viver a vida ao máximo”, disse.

Charles se sente incrivelmente sortudo de ter a amiga equina em sua vida e garante que não poderia ser uma pessoa melhor sem ela.


Fonte: IG PET

Veja também

vacinação

Covid-19: Sexta-feira (03) é dia de vacinação sem agendamento no Centro de Domingos Martins

© Divulgação/IHF/Direitos Reservados

Handebol: em renovação, Brasil larga com vitória no Mundial feminino

© Reuters/Adnan Abidi/Direitos reservados

Jornalista diz que WTA coage Peng Shuai ao suspender torneios na China

© Reprodução/YouTube IPC/Direitos Reservados

Mariana D'Andrea leva prata no Mundial de halterofilismo paralímpico

107684

Senado aprova MP que cria o Auxílio Brasil, financiado pela PEC dos Precatórios

107682

Banco Central lança desafio para melhorar o real digital

107680

Câmara aprova PL que garante alimentação a entregadores de iFood e Rappi

107678

Senado aprova em dois turnos PEC dos Precatórios