POMERANA

Coluna Pomerana

Clube Primavera: Mestres da Mira e o Legado Pomerano e Alemão no Tiro Esportivo

Publicado em 17/10/2023 às 11:05

Compartilhe

Colunas-Montanhas-capixabas-Pomerano

Em meio à tapeçaria rica e diversificada de tradições culturais e esportivas, algumas práticas e heranças resistem ao teste do tempo, unindo comunidades em celebração e paixão. O tiro esportivo, com raízes
profundas nas tradições pomeranas e alemãs, é um desses legados. No coração dessa tradição, encontramos o Clube Primavera, uma instituição que não apenas honra essas práticas ancestrais, mas também as mantém vivas e vibrantes para as gerações presentes e futuras. Esta é a história de como o Clube Primavera se tornou um bastião para os “Mestres da Mira” e a celebração contínua do legado pomerano e alemão no mundo do tiro esportivo.

Corte das majestades do tiro ao alvo ( zielschießen) e do
tiro ao pássaro (vogelstechen).

No município de Pomerode, nas proximidades da Rodovia Hermann Weege, na região de Rega III, encontra-se um emblema de tradição e prestígio: o Clube Esportivo, Recreativo e Cultural Primavera. Amplamente conhecido pela alcunha Sociedade Primavera, o clube celebrou, com pompa e circunstância, seu 45º aniversário em 2023. coincidindo com as festividades da fundação em 23 de setembro de 1978, cuja entidade associativista foca o lazer social e do entretenimento em forma de cultura.

Liderado com maestria por Sigbert Zech, o clube se dedica fervorosamente a preservar suas tradições e esportes emblemáticos. Especificamente, as modalidades de tiro ao alvo (Zielschießen) e tiro ao pássaro (Vogelstechen) ressoam como testemunho da precisão e perícia de seus membros. No ano de 2022 consolidou-se como um marco especial para a Sociedade Primavera. No círculo feminino do Tiro ao Alvo, a competente Gerda Konell foi aclamada rainha, seguida por Elvira Utech, a 1ª princesa, e Renilda Rothbardt como a 2ª princesa. No espectro masculino, Heinz Briese reinou supremo, seguido por Ralf Rothbardt e Nilton Wagengknecht, como 1º e 2º cavalheiros respectivamente.

Pomerano-brasileiro e massarandubense, Alcides Manke, no palco recepcionando os convidados e o público em geral que chegavam ao evento.
Música folclórica germânica pelos acordes do bandoneon

A modalidade Tiro ao Pássaro não ficou atrás. Elvira Utech foi novamente agraciada com a coroa de rainha, ladeada por Anelia Hennings e Miriam Oestreich, respectivas 1ª e 2ª princesas. No cenário masculino, Mario Selke se destacou (rei), com Lídio Utech e Rubens Konell acompanhando-o, ambos 1º e 2º cavalheiros. Para além da notável precisão no tiro, o Clube Primavera tem sua essência formada por algumas personalidades icônicas que enriquecem a sua história. Elói Rauh, que assumiu a presidência da entidade associativista por duas vezes, não se limita apenas à gestão; ele também desempenha o prestigiado papel de comandante de marcha, liderando com fervor e respeito as cerimônias tradicionais de busca das majestades. Outra figura marcante é Melanda Zech. Atuando como bandeireira, ela dá vida e cor a cada evento, transmitindo paixão e dedicação em cada gesto.

E, na esfera gastronômica, temos Elvira Lümke Kressin, cuja liderança transforma a culinária do clube em experiências inesquecíveis. Por fim, mas certamente não menos importante, a Musik Kapelle San German de Rio dos Cedros (SC) é a voz melódica que ecoa no clube, assegurando que tradição e harmonia estejam presentes em cada acorde e celebração. O legado da Sociedade Primavera transcende simples competições ou celebrações isoladas; representa a união de culturas, o entrelaçar de tradições e a perpetuação de práticas que definem uma comunidade. Através do tiro esportivo, a essência pomerana e alemã ressoa, refletindo tanto a paixão pelo esporte quanto o profundo respeito pela herança compartilhada. Enquanto olhamos para trás, reconhecendo as fundações sólidas sobre as quais o Clube Primavera foi construído, também lançamos nosso olhar adiante, com esperança e determinação, para as futuras gerações que continuarão carregando a tocha de tradição e excelência. Em suma, o Clube Primavera não é apenas um clube; é um guardião da cultura, um farol de tradição, e o coração pulsante de uma comunidade unida pelo amor ao esporte e pela rica tapeçaria de sua herança pomerana e alemã.

Reis e Rainhas da Festa da Primavera: Celebrando a Tradição Pomerodense.

Nas verdes paisagens catarinenses, onde tradição e modernidade se entrelaçam, Pomerode se erige como um mosaico cultural genuíno. Esta cidade, renomada por suas festividades, serve de palco vivente para a influência germânica e pomerana no Brasil. A cada festa, a conexão intrínseca entre passado e

Majestades do tiro ao alvo, edição do evento de
Foto Ademir Pfiffer.

presente se revela, com raízes ancoradas na história e aspirações voltadas ao futuro. Dentro deste cenário, a Festa da Primavera, também conhecida como “Frühlings-Fest”, transcende ser meramente um evento, tornando-se uma expressão do orgulho e identidade pomerodense.
Embora a Festa da Primavera seja comemorada em várias cidades brasileiras, muitas com profunda influência germânica, em Pomerode ela assume um caráter distinto. Aqui, a celebração é mais que uma alusão à renovação da estação; é uma homenagem vibrante à herança e paixão do povo local. O Clube Esportivo, Recreativo e Cultural Nacional, situado na emblemático Alto da Serra (Tifa Canudo), divisa Pomerode e Jaraguá do Sul, é um farol na preservação e promoção da cultura local. Sob sua chancela, eventos que exalam o espírito pomerano e germânico ganham vida. Um destes é a já mencionada Festa da Primavera. Em 2022, a seleção da corte real foi decidida por uma competição de dados, onde cubos pontuados determinavam os vencedores. Humberto Steinert, com sua pontuação insuperável, foi justamente coroado rei. A seu lado, Vilson Borchardt e Rudhardt Borchardt se posicionaram como 1º e 2º cavalheiros.


No espectro feminino, Magrid Modro foi consagrada rainha, ladeada por Marciana Butzke e Rosita Kroeger, 1ª e 2ª princesas. Juntos, eles são mais que figuras cerimoniais: são emblemas vivos da tradição e herança de Pomerode. A marcha tradicional, com seu passo cadenciado, é guiada por Marguid Modro e Sigolf König, enquanto Ivo Siewerdt ostenta a honra de carregar a bandeira.

E, como um coração pulsante, a Banda Mensagem, orgulho local, ditou o ritmo da festa. O apuro gastronômico também tem seu espaço. Luce Siewerdt Marcelino e sua equipe, com mão firme e visão clara, organizou um café colonial. Este, impregnado dos costumes e tradições das migrações pomerana e alemã, foi regado a chope e serviu não só como deleite culinário, mas também como uma representação da tapeçaria cultural de Pomerode.
Em síntese, Pomerode não celebra apenas por celebrar. Cada evento é um olhar para a alma de uma comunidade que guarda com zelo suas raízes. A Festa da Primavera é essa essência materializada, mostrando que a tradição germânica e pomerana ainda ressoa fortemente. É uma harmonia de ritmos, cores e sabores, Rio da Luz de Jaraguá do Sul (SC).

E, enquanto as marchas ecoam e os trajes desfilam, fica evidente: Pomerode celebra e reverencia sua história, garantindo que sua cultura perdure e floresça para as gerações vindouras. Essa celebração reitera o papel inestimável de Pomerode no vasto mosaico cultural brasileiro, trama tecida com paixão, dedicação e amor incondicional pelas tradições.

Veja também

policia-29-02-IG-Reproducao-Instagram

Suspeito de desmanchar carro usado no Caso Marielle é preso pela Polícia Federal

saude-29-02-freepik-mulher-gripe

Saiba a diferença entre os sintomas da dengue e da Covid-19

policia-29-02-Marcelo-Camargo-Agencia-Brasil

Polícia Federal prende mais três suspeitos em nova fase da operação Lesa Pátria

policia-29-02-pm-capa

Polícia Militar prende suspeitos de tráfico de drogas e encontra um pé de maconha em Domingos Martins

geral-28-02-alfredo-chaves-estradas

Estradas precárias em Alfredo Chaves dificultam acesso de moradores a serviços básicos

saude-28-02-PMMF-vacinacao

Marechal Floriano inicia vacinação contra a dengue para crianças de 10 e 11 anos

brasil-28-02-ag-brasil-Juca-Varella

Ministério da Educação divulgou a segunda chamada do Prouni

turismo-28-02-PMDM-pascoa

Coelhinho chega neste final de semana para inaugurar a Festa da Páscoa em Domingos Martins

Últimos artigos de Coluna Pomerana

Relatos, Memórias e Retratos da nossa história – Parte I

Como as mulheres se vestiam no século XIX

Comunidades livres e escolas pomeranas – Parte II

Os pastores, as comunidades livres e as escolas pomeranas em São Lourenço do Sul – Parte I

Vila Neitzel: a maior comunidade pomerana de Minas Gerais