Calderano faz história ao ingressar no top 5 mundial do tênis de mesa

Publicado em 28/09/2021 às 15:20

Compartilhe

© Wander Roberto/COB/Direitos Reservados


O carioca Hugo Calderano acordou nesta terça-feira (28) ocupando, pela primeira vez na carreira, a quinta posição do ranking mundial da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, sigla em inglês), atualizado semanalmente. Feito inédito na modalidade não só para um brasileiro, como também é a melhor colocação entre mesatenistas da América Latina, desde a criação do ranking. 

Com um total de 8.464 pontos, Calderano está a 300 pontos de alcançar o japonês Tomokazu Harimoto (4º), com 8.709. As três primeiras posições são dos chineses Fan Zhendong (12.494), Ma Long (12.212) e Xu Xin (10.356). 

Na semana passada, o mesatenista brasieliro, de 25 anos, era o oitavo melhor do mundo, mas galgou três posições após conquistar no último sábado (25) o título do WTT Star Contender, uma das principais competições do circuito mundial da modalidade. Ele superou na final o o eslovaco Darko Jorgic por 4 a 2 (11/5, 6/11, 10/12, 11/9, 11/3 e 11/9), em Doha (Catar). 

Feminino e duplas

A paulista Bruna Takahashi subiu quatro posições, passando a ocupar a 45ª colocação no ranking mundial feminino, a melhor colocação dela na carreira. A subida ocorreu após a brasileira chegar nas quartas de final do WTT Star Contender, em Doha.  

Também houve avanço nas duplas mistas. Vitor Ishiy e Bruna Takahashi saltaram dez posições e agora ocupam a 28ª colocação.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Veja também

113838

Cachorro de abrigo espera para ser adotado, mas família nunca aparece

© Breno Esaki/Agência Saúde DF

Reforço de marca diferente é mais eficaz para vacinados com CoronaVac

113834

Estudante de 22 anos ganha R$ 5 milhões vendendo selfies em NFTs

113828

Cachorro salva filhote de cervo que estava preso em rio

113826

Motoboy de operadora do iFood tem vínculo empregatício, diz Justiça

© Ministério da Saúde

Ministro destaca importância do ciclo vacinal completo contra covid-19

113822

Itapemirim perde contrato bilionário em SP

113820

Bolsonaro promete zerar imposto federal no diesel