Belas paisagens e história preservada: como conhecer a Escócia pelas ilhas

Publicado em 24/10/2021 às 06:21

Compartilhe

101818


source
Conheça as Hébridas: uma excelente alternativa para conhecer as belezas da Escócia
iStock

Conheça as Hébridas: uma excelente alternativa para conhecer as belezas da Escócia



As Hébridas Exteriores são uma das 32 subdivisões da Escócia, que está a noroeste do país e a maior parte do território é inabitada, com fauna e flora intocadas. Para acessá-la é preciso pegar uma balsa de outras ilhas. As Hébridas ficaram sob controle nórdico antes do século 9 e a autoridade do local foi oficializada em 1098.

O território era controlado sob várias batalhas até o acordo de partilha das Hébridas, em 1156. Elas permaneceram sob o controle do então chamado Reino de Man e das Ilhas. Com o Tratado de Perth em 1266, as Hébridas Exteriores, junto com a Ilha de Man, foram novamente submetidas ao governo da Escócia e passou a ser uma subdivisão administrativa em 1975. A língua local é o gaélico. 


A maior parte das atividades da região incluem a beleza da paisagem, a fauna e a flora bem preservadas. Grande parte dos turistas que visitam a Escócia concentram a viagem em torno de Edimburgo, a capital do país, mas é nas ilhas que a cultura gaélica escocesa é mais rica e conservada. A Escócia é incorporada por 790 ilhas, entre elas as Hébridas.

Ilha de Lewis, Hébridas Exteriores

Ilha de Lewis
Daniel/Flickr

Ilha de Lewis


Esta ilha em formato de pipa fica na costa noroeste e o único assentamento considerável da região é em Stornoway, o principal ponto de entrada, tanto por balsas de três horas quanto por voos regionais. A paisagem aberta e os locais históricos são os principais atrativos de Lewis; ao norte há um vasto pântano de turfa, e as melhores paisagens para registrar com o celular ou com a câmera ficam a oeste, moldado pelo sal e surf do Oceano Atlântico — com belas praias especialmente Damor, para quem gosta de surf, Valtos para quem deseja acampar e Bostadh para os que optam por um passeio mais tranquilo.

Lewis também abriga pontos históricos a serem admirados. Formações grandiosas de pedras, chamadas Callanish Stones, remetem à era neolítica. Existem no total três círculos de pedras, chamados de Callanish 1, 2 e 3. O mais impressionante deles, Callanish 2, fica em uma crista ao lado de Loch Roag, formando assim um cenário digno de cinema, especialmente nos dias ensolarados. Outra opção é a destilaria mais ocidental da Escócia, a Abhainn Dearg Distillery, que fica aberta para visitas e degustações.

Ilha de Harris, Hébridas Exteriores

Ilha de Harris
Sonse/Flickr

Ilha de Harris


Ela fica na mesma região da ilha Lewis, ocupando o terço sul da ilha. Os diferentes nomes podem ter relação com o fato das regiões terem pertencido a diferentes condados até 1975. Apesar disso, as paisagens se contrastam, uma vez que Harris tem uma paisagem montanhosa de mais de 30 picos que se destaca à extensão plana de Lewis. 

Do mesmo modo, para Lewis, as melhores praias de areia (de Harris, Luskentyre e Scarista) estão na costa oeste. Ao norte, montanhas escarpadas e lagos dominam o cenário, o que faz de Harris um prato cheio para os turistas que amam caminhar por trilhas, aproveitando oportunidades para percorrer livremente a ilha. Numerosos parques de campismo oficiais e não oficiais estão espalhados pelo território, mas também existem pubs e bed and breakfast para se refugiar do clima escocês que pode ser imprevisível.

Leia Também

(Continue a leitura logo abaixo)

Leia Também

Ainda que não faça parte nem de Lewis nem de Harris, o arquipélago St. Kilda, uma remota ilha a oeste, pode ser visitada em uma viagem de um dia, então é bom reservar um espaço no roteiro. O arquipélago é um Patrimônio Mundial da Unesco e tem uma população de aproximadamente 50 pessoas apenas, constituindo um acampamento militar. Tanto o status na Unesco quanto o benefício de visitar St. Kilda é a vida selvagem ativa e espécimes lindos, como os papagaios-do-mar, mergulhões e outras aves marinhas.

Hébridas Interiores

As Hébridas Interiores, por sua vez, ficam a sudeste das Hébridas Exteriores, e também vale a pena conhecê-las. Durante o controle norueguês, as duas Hébridas viviam praticamente em guerra. Originalmente, as Hébridas Interiores eram divididas entre as do Norte e as do Sul, e atualmente existem belíssimos pontos para serem vistos e visitados pelos que desejam conhecer as belezas e a cultura da Escócia pelas ilhas. 

Ilha de Skye, Hébridas Interiores

Ilha de Skye
John McSporran/Flickr

Ilha de Skye


Situada na costa ocidental da Escócia, Skye complementa os fatores que tornam o país tão encantador: montanhas escarpadas, lagos, castelos e, claro, os escoceses. O nome Skye se originou do antigo nórdico e pode ser traduzido como “ilha da nuvem” — bastante adequado, principalmente considerando que os picos de Skye são muito obscurecidos pela névoa e pela neblina da região. 

Muitas das paisagens podem ser admiradas a partir de unidades de lazer, mas vale a pena vestir as botas e explorar a área. Na península de Trotternish, compensa visitar dois afloramentos rochosos: o Quirang e o Old Man of Storr. Eles podem ser acessados por uma trilha de aproximadamente três horas. Durante a caminhada, há ótimas vistas como companhia, principalmente no Cullins, uma das montanhas mais belas de Skye. 

Atividades na natureza também se destacam, como visitas ao Loch Coruisk ou o Fair Pools, locais bastante pitorescos. O tempo muda rapidamente em Skye, então é preciso estar sempre preparado e aproveitar os momentos de bom tempo para tirar fotos e explorar o que a ilha pode oferecer. Skye está conectada por uma ponte ao continente, mas a viagem panorâmica de Glasgow a Mallaig de trem, seguida pela breve travessia de balsa é a melhor rota. 

Ilha de Islay, Hébridas Interiores

Ilha Islay
Heikki Immonen/Flickr

Ilha Islay


Islay pode não ter o mesmo cenário de Skye, mas compensa com um dos melhores whiskys da Escócio e um ritmo mais descontraído. A ilha recebe um fluxo constante de visitantes que são atraídos pelas oito destilarias do local. A terra fértil de Islay é maravilhosa para o cultivo da cevada, combinado com fontes de água limpa e oferta abundante de turfa, o que propicia que Islay tenha destilarias tão boas.

O sabor do whisky de malte Islay é considerado o mais forte de todos os whiskys malte, ou seja, geralmente ou as pessoas amam ou elas odeiam. As destilarias ao sul são conhecidas por terem o sabor mais forte de turfa dos maltes turfosos, uma vez que a água da turfa é utilizada durante a produção. Já as destilarias do norte, por sua vez, oferecem sabores mais suaves. Todas as destilarias da ilha proporcionam passeios nos quais é explicado todo o processo de produção, destilação e degustação. Vale ressaltar que a proeminência do whisky eleva os preços em Islay, então é preciso estar preparado.

Ilha de Mull, Hébridas Interiores

Ilha de Mull
Ray em Manila/Flickr

Ilha de Mull


Cheia de pequenas vilas costeiras, Mull é um destino bastante popular, principalmente nos meses de verão. As belezas naturais da ilha não deixam a desejar, em especial as falésias basálticas de Burg, os picos de Ben More e as praias de areias brancas e os numerosos lagos. Passeios de observação de baleia são comuns e partem das costas ocidentais de Mull para avistar as baleias de vison, botos e outras formas de vida marinha. 

A principal cidade da ilha é Tobermory, conhecida pelas casas pintadas e edifícios ao longo da orla, acompanhados de uma variedade de pubs, cafés e até uma destilaria. Existe também um par de castelos: Duart, que relembra a Idade Média, e Torosay, que na verdade é uma casa nobre projetada como um castelo com jardim complementar de semelhante exuberância.

Fonte: IG Turismo

Veja também

107595

Estados querem adiar decisão do STF que proíbe ICMS maior; entenda

107593

MP do Auxílio Brasil deve ser votada hoje no Senado

107591

“Flanelinhas” do Leblon não ganham R$ 4 mil por mês, como disse Marinho

© Pedro Souza/Atlético/Direitos Reservados

Atlético-MG visita preocupado Bahia e garante bi em caso de vitória

107587

Câmara aprova fornecimento de água e seguro a entregadores de aplicativo

107585

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena; prêmio acumula em R$ 16 milhões

107583

Jovem deixa a faculdade e decide virar nômade: “Infinitas possibilidades”

© Thais Magalhães/CBF/Direitos Reservados

Seleção feminina encerra temporada com título do Torneio de Manaus