Após Bolsonaro vetar distribuição gratuita, tributação de absorvente é reduzida

Publicado em 20/11/2021 às 08:20

Compartilhe

105971


source
Absorvente
Divulgação

Absorvente

O Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior reduziu de 12% para 10% a alíquota do imposto de importação sobre o absorvente e também sobre fraldas infantis. A decisão acontece após o presidente Jair Bolsonaro veter à distribuição gratuita dos produtos a alunas de baixa renda.

Em nota, o Ministério da Economia apontou que a decisão possibilitará a redução de custos de produção para a indústria e a queda do preço para consumidores finais. O órgão também afirmou que será reduzida de 8% para 7% a alíquota do imposto de importação sobre o produto químico que é um dos principais insumos desses dois itens de higiene pessoal.

No despacho da medida, que já foi publicada no Diário Oficial, a secretária executiva do Comitê, Ana Paula Repezza, garantiu que a medida “contribuirá com o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual”.

“Além do potencial impacto positivo sobre o preço de bens com peso relevante no orçamento das famílias, omo é o caso de fraldas e absorventes, a medida vai contribuir com o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual, instituído pela Lei nº 14.214/2021, que busca resolver o problema da falta de acesso a produtos básicos de higiene”, pontuou.

Vale ressaltar que a negativa de Bolsonaro a distribuição gratuita do absorvente foi muito criticado e a deputada Tabata Amaral (PSB-SP), uma das autoras da proposta, considera “urgente que o Congresso derrube esse veto”. A proposta estimava uma despesa de R$ 84,5 milhões por ano. 

Veja também

vacinação

Covid-19: Sexta-feira (03) é dia de vacinação sem agendamento no Centro de Domingos Martins

© Divulgação/IHF/Direitos Reservados

Handebol: em renovação, Brasil larga com vitória no Mundial feminino

© Reuters/Adnan Abidi/Direitos reservados

Jornalista diz que WTA coage Peng Shuai ao suspender torneios na China

© Reprodução/YouTube IPC/Direitos Reservados

Mariana D'Andrea leva prata no Mundial de halterofilismo paralímpico

107684

Senado aprova MP que cria o Auxílio Brasil, financiado pela PEC dos Precatórios

107682

Banco Central lança desafio para melhorar o real digital

107680

Câmara aprova PL que garante alimentação a entregadores de iFood e Rappi

107678

Senado aprova em dois turnos PEC dos Precatórios