TIM fecha parceria para oferecer mais de 200 vagas de emprego para mulheres

Publicado em 05/11/2021 às 17:50

Compartilhe

103654


source
TIM e Mulheres Positivas oferecem mais de 200 vagas exclusivas para mulheres
Sophia Bernardes

TIM e Mulheres Positivas oferecem mais de 200 vagas exclusivas para mulheres

Para ampliar o número de brasileiras no mercado de trabalho, a TIM fechou uma parceria com o aplicativo Mulheres Positivas. A iniciativa já dura três meses e reúne 40 empresas, que atualmente oferecem mais de 200 vagas de emprego exclusivas para mulheres de todo o Brasil.

As oportunidades são para os mais diversos níveis de conhecimento, e há cargos que vão desde consultor de vendas em lojas até posições gerenciais em áreas como Direito, Engenharia, Tecnologia da Informação e Marketing. Entre as empresas com vagas abertas no momento estão, além da TIM, Pirelli, Enel, Stellantis, Microsoft, Via, Generali, Oracle, Huawei e Nokia, entre outras.

Para se inscrever, basta efetuar um cadastro no aplicativo ‘Mulheres Positivas’, que pode ser baixado neste link . Ao clicar na vaga desejada, a mulher é direcionada para a página da empresa contratante e seguirá o processo seletivo diretamente com ela.

Veja também

© Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

São Paulo registra queda em casos de HIV pelo quarto ano seguido

© Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC

São Paulo mantém exigência do uso de máscaras em ambientes abertos

Periodo-aberto-para-a-Pre-Matricula-da-Rede-Estadual-1

Período aberto para a Pré-Matrícula da Rede Estadual

107614

Bolsonaro sanciona lei de programa de crédito para micro e pequenas empresas

107612

Castro recompõe em 10% salário de servidores e custo deve ser de R$ 2,9 bi

© 28/10/2021/Fernando Frazão/Agência Brasil

Brasil tem 11,4 mil novos casos de covid-19 e 283 mortes em 24 horas

Funcionamento_de_bares_esta_proibido_e_comercio_tera_restricoes_em_Domingos_Martins

Comércio de Domingos Martins terá sorteios de produtos e prêmios em dinheiro no “Natal Premiado 2021”

© REUTERS / Sergio Moraes/Direitos Reservados

Covid-19: Rio de Janeiro amplia exigência de certificado de vacinação