Termina nesta sexta-feira (28) prazo para solicitação de isenção de taxa do Enem 2021

Publicado em 28/05/2021 às 17:22

Compartilhe

Os estudantes interessados na isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 têm até esta sexta-feira (28) para solicitar. A solicitação pode ser feita por meio da Página do Participante (CLIQUE AQUI). Para ter direito a dispensa, o aluno deve comprovar baixa renda e ter frequentado todo o Ensino Médio em escolas da rede pública de ensino ou ter sido bolsista na rede particular.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) reforçou que os participantes ausentes na edição anterior devem protocolar justificativa conforme publicado no Diário da União, do último dia 03 de maio (Para ler o Edital completo (CLIQUE AQUI) – pois o número de faltosos no Exame foi recorde em 2020: 55,3% na edição impressa e de 71,3% na versão digital.

As inscrições para avaliação, que acontecem entre os dias 28 de junho e 09 de julho e não tiveram ainda seu valor divulgado, devem ser realizas por todos os estudantes, mesmo os que já tiveram o pedido de isenção de taxa aceitos.

Segundo o edital, estão previstas as seguintes situações em que poderá justificar a ausência, desde que haja os seguintes documentos:

– Assalto ou furto: deve ser comprovado com boletim de ocorrência policial nas datas do exame ao qual o candidato estava inscrito (impresso ou digital);

– Acidente de trânsito: deve ser apresentado boletim policial com dados do estudante e relato do acidente na data dos exames;

– Casamento/união estável: será aceita a certidão de casamento ou contrato de união estável realizados na data dos exames;

– Morte na família: poderá ser comprovada mediante certidão de óbito;

– Maternidade: será preciso apresentar uma certidão de nascimento da criança nas datas do exame;

– Acompanhamento de cônjuge ou companheiro: documento deverá ser expedido por alguma autoridade que ateste o deslocamento de cidade;

– Privação de liberdade: mandado de prisão ou documento similar;

– Emergência médica ou odontológica: atestado profissional relatando a condição de saúde do candidato;

– Trabalho: situação que demande o deslocamento por motivos de trabalho, com identificação da empresa, CNPJ, e assinatura do empregador;

– Intercâmbio acadêmico: documento assinado, em português, justificando o vínculo;

– Atividade curricular: declaração ou documento assinado que comprove a participação em atividade escolar na data do Enem.

Para comprovar renda e pedir isenção, o Inep aceitará os documentos:

Comprovante de pagamento, como holerite ou contracheque

Declaração assinada pelo interessado para autônomos, com nome, atividade que exerce, onde a executa, telefone de contato, há quanto tempo tem esta função e renda bruta mensal em reais

Extrato de rendimento do INSS

Recibo de seguro-desemprego e do FGTS

Rescisão do contrato de trabalho

Comprovante de programas sociais, como Bolsa-Família

 

Veja também

97735

Mulher denuncia empresa e pede demissão no alto-falante; veja o vídeo

97733

MetaRed X Brasil faz encontro de boas práticas em empreendedorismo universitário

© Reprodução Twitter/Bangu Atlético Clube

São Paulo autoriza volta do público aos estádios a partir de outubro

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Rio entra em risco moderado de transmissão da covid-19

97727

Gasolina fica mais cara em 18 estados após atualização do governo

97725

Abono do PIS/Pasep vai aumentar em 2022; simule quanto você vai receber

97723

INSS: pagamento de até um salário mínimo começa nesta sexta-feira (24)

97721

INSS: prazo para fazer prova de vida acaba em menos de uma semana