Tempestade mantém alto o nível do Braço Sul do Rio Jucu e derruba cabos sobre árvores

Publicado em 16/02/2021 às 14:58

Compartilhe

 

Um forte temporal na tarde desta terça-feira (16) determinou novamente o nível alto das águas do Braço Sul do Rio Jucu, em Marechal Floriano. A forte chuva provocou também o rompimento de cabos telefônicos em muitas árvores que neles se mantiveram dependuradas.

Tempestade mantém alto o nível do Braço Sul do Rio Jucu e derruba cabos sobre árvoresA chuva forte em Marechal Floriano, como ocorreu na maioria das cidades capixabas, veio no início da tarde em grande quantidade, chegando a amedrontar as pessoas. Moradores próximos do Estádio José Henrique Pereira ouviam somente o som das águas caindo sobre o teto metálico das arquibancadas.

“Pensei que estava caindo um dilúvio no campo de futebol”, disse o morador vizinho Ednes de Nadai que estranhou o forte som das águas caindo sobre as coberturas metálicas e outras semelhantes. “Em alguns locais houve queda de árvores, como na Serra da Boa Vista, em Domingos Martins”.

O morador Guerino Demoner afirmou que reside em Marechal Floriano há décadas, mas se assustou com a tempestade como a desta segunda-feira. “O rio encheu rapidamente devido a grande quantidade de água que caiu durante mais de uma hora sem parar”, disse.

Ildebrando Rodrigues, morador no bairro Estrada do Caracol há mais de 20 anos, conrou que viu fios caindo ao lado das árvores. “Uma chuva que parecia não parar mais nos amedrontava pois moramos perto da floresta”, disse.

 

Veja também

© Reuters/Eric Seals/Direitos reservados

Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

96650

46 milhões de lares não têm renda do trabalho no Brasil, diz Ipea

96648

Pix: Itaú, Bradesco e BB cobram até R$ 150 de clientes PJ; veja tarifas

WhatsApp-Image-2021-09-17-at-15.26.05

Médico Dr. Manoel Barcelos é sepultado hoje e filha faz depoimento emocionado

96640

Mulher encontra dedo humano dentro de lanche na Bolívia: “mastiguei”

96638

Bolsonaro aumenta o IOF até dezembro; veja como isso afeta os investimentos

© Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Fiocruz avalia efetividade da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

96634

Represas já operam com nível abaixo do pré-apagão