Semana da Agricultura Familiar é comemorada com entregas que passam de R$ 20 milhões

Publicado em 01/08/2022 às 16:16

Compartilhe

Semana-da-Agricultura-Familiar-e-comemorada-com-entregas-que-passam-de-R-20-milhoes

Importantes investimentos marcaram a Semana da Agricultura Familiar, que foi comemorada pelo Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), na última quinta-feira (28). O evento foi alusivo ao Dia Nacional e ao Dia Internacional da Agricultura Familiar, que acontecem, respectivamente, nos dias 24 e 25 de julho, e ao Dia do Agricultor, que é celebrado em 28 de julho. O evento contou com a participação de representantes do setor.

Na ocasião, foram entregues equipamentos aos Serviços de Inspeção Municipal (SIM), pelo programa “Agrolegal”. Inicialmente, a ação pretende contemplar os dois consórcios intermunicipais existentes no Espírito Santo e que atuam com inspeção sanitária (Cointer e Prodenorte), e mais 35 municípios capixabas, chegando a, aproximadamente, 50 municípios beneficiados. O valor investido é de R$ 500 mil.

Também foi realizada a entrega de equipamento de mídia e informática para produções técnicas e culturais, em parceria com as escolas que atuam com viés agropecuário e que reforçam o protagonismo dos jovens rurais. Os materiais foram entregues ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes), Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo e ao Centro Estadual Integrado de Educação Rural (CEIER).

Os equipamentos serão utilizados para implementar 32 Centros Digitais e atender a cerca de 3 mil jovens entre 15 e 29 anos, nos seguintes locais: Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Brejetuba, Cachoeiro do Itapemirim, Castelo, Ibatiba, Ibitirama, Itapina, Jaguaré, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Nova Venécia, Pinheiros, Piúma, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, São Mateus, Venda Nova do Imigrante e Vila Pavão. O valor investido foi de R$ 2,7 milhões.

Também foi realizada a assinatura do termo de cooperação técnica entre o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e o MEPES, visando à execução de ações diretamente ligadas ao desenvolvimento rural sustentável.

A cadeia da aquicultura e pesca também foi contemplada com a entrega de píeres flutuantes. A ação tem como objetivo o desenvolvimento do setor pesqueiro, com a implantação dos Piers de plástico flutuantes em locais de embarque e desembarque de pescado, facilitando o trabalho dos pescadores em cinco municípios. O valor do investimento é de R$ 1,2 milhão. Também foram entregues 145 tanques redes para os municípios de Montanha, Itarana, Itaguaçu, Muniz Freire e Anchieta. O valor investido foi de R$ 229.500,00.

Para a pesquisa e extensão rural, foi realizada a assinatura da contratação de 17 projetos do Banco de Projetos voltados para a avaliação dos impactos socioeconômicos e ambientais, gerados a partir da adoção de tecnologias e do acesso às políticas públicas para o desenvolvimento sustentável da agricultura, pecuária, abastecimento, aquicultura e pesca. O valor do investimento é de R$ 4,7 milhões. Outros 16 projetos de pesquisa do banco de projetos Seag/Ifes – agroinfes também foram contemplados no valor de R$ 4,5 milhões.

Na área de fortalecimento da fruticultura capixaba, foi realizada a entrega do Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Fruticultura Capixaba. O Programa deve servir de exemplo para a difusão de um modelo inovador de expansão da fruticultura, tendo como foco a ampliação da produção e da qualidade dos frutos produzidos no Estado do Espírito Santo, tomando como ponto de partida a uniformização da utilização de mudas de alta qualidade e adaptadas às condições edafoclimáticas. O valor investido é de R$ 1,5 milhão.

Para a agroecologia e produção orgânica, foi entregue o Plano Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica (PLEAPO). Ele é o principal instrumento da Política Capixaba de Agroecologia e Agricultura Orgânica. Os objetivos são integrar, articular e adequar políticas, programas e ações voltados para o desenvolvimento da agroecologia e agricultura orgânica no Estado.

A construção do PLEAPO foi coordenada pela Seag e pelo Incaper, e contou com a participação de mais de 300 atores sociais, entre agricultores, técnicos, agentes públicos e privados, mulheres, jovens, indígenas e quilombolas, que representaram as instituições que atuam na perspectiva da agroecologia de todas as regiões do Espírito Santo.

A Seag ainda entregou 29 equipamentos agrícolas para 24 municípios capixabas. A retirada foi realizada no Pavilhão de Carapina, na Serra. O valor do investimento é de R$ 12 milhões.

IDAF – Também foi realizada a entrega de kits de GPS para o georeferenciamento de assentamentos no Estado. O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) adquiriu quatro kits de sistemas de navegação, especificamente Global Navigation Satellite System (GNSS), com Real-time Kinematic (RTK), que fornece ainda mais precisão nos posicionamentos do que os conhecidos GPS.

O investimento foi de cerca de R$ 225 mil, incluindo equipamentos e softwares, que serão utilizados para os trabalhos de levantamentos geodésicos de alta precisão, conferindo mais celeridade ao serviço, otimizado o trabalho de campo e contribuindo para uma entrega com ainda mais qualidade na regularização fundiária do Estado.

Para finalizar, o Idaf realizou a entrega de certificados do Programa Nacional de Crédito Fundiário – Terra Brasil. Alex Chagas Ginelli adquiriu uma propriedade rural em Rio Bananal com área de 5,89 ha, totalizando R$ 120.500,00. Já a Maria D’Ajuda Jesus dos Santos adquiriu uma propriedade rural em Rio Bananal com área de 6,05 ha, totalizando R$ 158.308,00.

O Programa Nacional de Crédito Fundiário – Terra Brasil é uma política pública gerida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e executada pelo Idaf que oportuniza a trabalhadores rurais a adquirirem uma propriedade rural para geração de renda, qualidade de vida e produção de alimentos em regime de agricultura familiar.

Desde 2019 até 2021 foram 312 famílias beneficiadas pelo Programa o que equivale a 2.116 ha e representa um investimento de R$ 35 milhões em compra de terra e R$ 4,5 milhões em investimento nas propriedades rurais.

Em 2022 o Idaf já recebeu 133 projetos de compra de terra, o que equivale a 742,83 ha com recursos para compra de terra na casa de R$ 15,7 milhões e R$ 2,7 milhões em investimento.

Fonte: Seag

Veja também

Concurso-de-Qualidade-de-Amendoas-de-Cacau-Capixaba-chega-a-etapa-de-visita-das-propriedades

Concurso de Qualidade de Amêndoas de Cacau Capixaba chega à etapa de visita das propriedades

Festa-de-Rodeio-de-Venda-Nova-do-Imigrante-tera-sorteio-de-R-100-mil-beneficente-ao-Hospital-Padre-Maximo-1

Festa de Rodeio de Venda Nova do Imigrante terá sorteio de R$ 100 mil beneficente ao Hospital Padre Máximo 

Festuris-Gramado-tera-participacao-da-Argentina-1

Festuris Gramado terá participação da Argentina

desfile-de-natal-natal-luz-gramado-3

Decoração da próxima edição do Natal Luz já toma os primeiros contornos em Gramado

Ruas-de-Marechal-Floriano-ganham-novas-placas-com-identificacoes

Ruas de Marechal Floriano ganham novas placas com identificações

Noite-Alema-sera-no-proximo-sabado-13-em-Marechal-Floriano-1

Noite Alemã será no próximo sábado (13) em Marechal Floriano

Criancas-arrombam-porta-de-escola-e-deixam-rastro-de-destruicao-em-Santa-Maria-de-Jetiba

Crianças arrombam porta de escola e deixam rastro de destruição em Santa Maria de Jetibá

Policia-interdita-fabrica-que-comercializava-cafe-irregular-no-Espirito-Santo

Polícia interdita fábrica que comercializava café irregular no Espírito Santo