Santa Leopoldina já vacinou mais de 10 mil contra a febre amarela

Publicado em 11/03/2017 às 12:30

Compartilhe

Com uma equipe bastante empenhada e um cronograma efetivo, a Secretaria Municipal de Santa Leopoldina já vacinou 85% da população do município contra a febre amarela. Em números isso significa que mais de 10 mil pessoas estão imunizadas.

No último domingo (5), por meio do Mutirão de vacinação contra a febre amarela, mais de mil pessoas foram vacinadas nos quatro pontos instalados: sendo dois na Sede, Barra de Mangaraí e Holandinha.

A secretária municipal de Saúde, Marcela Nagel Stov, falou sobre a dedicação da equipe de imunização, que tem gerado resultados positivos. Ela também faz um apelo para os moradores. “É importante que as pessoas procurem a unidade de saúde para tomar a vacina. A imunização é necessária”, disse.

Vacinação

A vacinação contra a febre amarela continua em Santa Leopoldina, porém, só para moradores que recebem das equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) um tíquete, que identifica o morador e sua região.

A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, sempre das 8 às 15 horas, na Unidade de Saúde da Sede e também nos pontos de atendimento das equipes de Estratégia de Saúde da Família.

Macacos

O que fazer quando encontrar um macaco morto? Primeiro é importante destacar que os macacos não são transmissores da febre amarela. Eles se comportam como sentinelas da doença, que é transmitida por mosquitos. Mesmo doentes, os macacos não têm a condição de infectar o humano.

Se você encontrar um macaco morto é importante entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde. A Vigilância em Saúde do  município já realizou o recolhimento de 20 macacos mortos e fez as notificações. Desses, dois tiveram amostras encaminhadas e esperam resultado do Laboratório Central (Lacen). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (27) 3266-1065.

Veja também

fungo-se-adapta-ao-calor-corporal

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

dia-de-sol-22-11-freepik

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

onda-de-calor

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

cafeicultura-sustentaavel

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

exportacao-de-abacate

Capixaba exporta abacate para a Argentina

Programa-Retomada-de-Obras-da-Saude

Ministério facilita a entrega de documentação para o Programa Retomada de Obras da Saúde

producao-de-mudas-in-vitro

Saiba como é a produção de mudas in vitro

62-dos-navios-para-exportacao-de-cafe-registram-atrasos-em-junho

62% dos navios para exportação de café registram atrasos em junho