Representantes do turismo das montanhas projetam ações para o futuro

Publicado em 22/12/2016 às 19:18

Compartilhe

Organizar o segmento de turismo das montanhas e planejar as ações para os próximos anos para nove municípios da região. Esses foram os principais objetivos discutidos durante um evento realizado no Hotel Bristol Vista Azul, em Pedra Azul, Domingos Martins. Além disso, durante o evento também foram comemorados os 15 anos de fundação da Associação Turística de Pedra Azul (ATPA).

reunião de turismo pedra azul 6O empresário e executivo Ernesto Izoton apresentou dados sobre o turismo de montanhas que surpreenderam as dezenas de pessoas que participaram do encontro, que iniciou às 14 horas e terminou com um jantar no restaurante Argento, em Pedra Azul, na última semana.

Ernesto está liderando um grupo de trabalho que irá elaborar o “Plano de Desenvolvimento do Turismo das Montanhas Capixabas”, cujo objetivo é fazer um diagnóstico do setor de turismo de montanhas e apontar o que precisa ser feito, seja pela iniciativa privada ou pelo poder público, para alavancar o segmento regional para os próximos anos.

De acordo com dados estatísticos elaborados pelo executivo, a estimativa é de que anualmente o turismo das montanhas movimente entre R$ 150 e R$ 200 milhões. “Usei indicadores aceitos para esse tipo de cálculo e coloquei as estimativas de gastos por cada turista abaixo do que se usa normalmente. Esse segmento é extremamente importante para a região, e precisamos fortalecê-lo”, destacou Izoton.

Outro dado apontado pelo executivo foi o de empregabilidade. Enquanto no Brasil a média de trabalhadores no segmento de turismo é de 3%, nas montanhas esse número gira em torno de 4% a 5%. “Estamos sentados em uma mina de diamante. Essa é uma mina de bem estar social, traduzida em mais renda, mais emprego e melhoria de qualidade de vida. Estou muito empolgado com esses números expressivos”, afirmou.

De acordo com Izoton, a expectativa é de que o fluxo turístico cresça muito nos próximos anos, e é preciso que haja estrutura turística para atender a demanda. Entretanto, ele destacou que é necessário muito planejamento integrado entre os municípios e entidades do segmento, para que não ocorra um crescimento descontrolado.

Ele ainda ressaltou que o turismo é uma indústria limpa e que contribui para o bem-estar social. Para a elaboração do plano de desenvolvimento, estão sendo usados exemplos de cidades como Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul, Florianópolis, em Santa Cataria, e Campos do Jordão, em São Paulo. “A diferença é que a extensão territorial das montanhas é muito maior que a dessas outras cidades turísticas, o que dificulta nosso trabalho de planejamento”, destacou.

reunião de turismo pedra azul 3O presidente do Montanhas Capixabas Convention e Visitors Bureau, Leandro Carnielli, destacou a importância de dar continuidade aos trabalhos em prol do turismo, mesmo com as mudanças de prefeitos e equipes de prefeituras da região.

“Fazemos parte do surgimento do agroturismo e acompanhamos, nos últimos anos, o crescimento da hotelaria e demais empreendimentos. A cada ano temos maior fluxo turístico. Nesse processo todo temos diversos parceiros importantes, e o poder público é fundamental”, enfatizou.

Carnielli também enfatizou a importância de manter a Casa do Turista, em Pedra Azul, que é custeada pela ATPA, Convention e Associação de Agroturismo do Espírito Santo (Agrotures), com apoio do governo do Estado e de prefeituras. Mensalmente, aproximadamente 10 mil visitantes passam pelo local em busca de informações turísticas.

reunião de turismo pedra azul 1Já o presidente da ATPA, Jorge Uliana, destacou que a duplicação da BR-262 é um gargalo para o desenvolvimento do turismo das montanhas. “Precisamos aumentar o tempo dos turistas na nossa região. Identificamos que muitos hóspedes tomam café e vão para casa, para não ficarem presos no trânsito durante a tarde. Se não houvesse essa preocupação, os turistas ficariam mais tempo e gastariam mais na região”, enfatizou.

Novo site e aplicativo para empreendimentos

Durante o evento realizado na última semana, também foi lançado o novo site do Montanhas Capixabas Convention e Visitors Bureau (www.montanhascapixabas.com), além de um aplicativo com um guia de todos os empreendimentos turísticos que integram o Convention.

O site da entidade foi reformulado por uma empresa especializada, que também produziu o aplicativo, que tem o objetivo de servir como um guia na palma da mão, com indicação de restaurantes, hotéis, pousadas, cafés, lanchonetes, além de atrativos turísticos.

Governador Paulo Hartung elogia união de representantes do turismo

O governador Paulo Hartung, que compareceu ao evento e falou aos participantes, enfatizou a importância da união das entidades e de empreendedores ligados ao turismo para o desenvolvimento do setor. Ele também citou que a ampliação do aeroporto de Vitória irá impactar positivamente também na região de montanhas.

reunião de turismo pedra azul 5“A obra do aeroporto está em andamento e, em breve, ele vai deixar de ser uma rodoviária do interior e terá uma estrutura muito boa. O porto de Vitória também está sendo dragado, o que nos permitirá retomar linhas marítimas no Estado. Outro gargalo é a BR-101, cujas obras estão em andamento”.

Sobre a duplicação da BR-262, Hartung anunciou que “o projeto já foi retirado da gaveta e deve se colocado em prática em breve”. Segundo o governador, os senadores e deputados federais capixabas estão empenhados nesse assunto. “Essa é uma via muito importante. Estamos dando alguns importantes passos nesse sentido”, afirmou.

Sobre a região, Hartung disse que há muitas possibilidades, elencada em dois elementos: “o primeiro é a natureza, que foi pródiga. A beleza é única, mas por si só não é suficiente para o sucesso. O segundo elemento fundamental para que essa região tenha um desenvolvimento é o comportamento diferenciado dos empreendedores locais, que atuam em parceria e voluntariado”, disse.

O governador também falou que tem uma preocupação com a região, que é a sua sustentabilidade. “Desde a primeira vez que eu pisei aqui, eu conversei sobre isso. Precisamos ter muito zelo para equilibrar esse desenvolvimento com o presente e com o futuro. A região é linda e tem um potencial enorme, mas precisa ter uma ocupação do solo racional. Já tem muita coisa mal feita e de mau gosto, e que não é compatível com o que a natureza nos deu”, enfatizou.

Veja também

cultura-15-07-ft-div-festival-de-inverso-Vanessa-Damata

Assista como foi o primeiro final de semana do Festival de Inverno de Domingos Martins

agro-15-07-ft-divulgacao-queijo-Domingos-Martins

Domingos Martins tem queijo medalha de ouro em concurso nacional

brasil-15-07-ft-reproducao-arquivo-pessoal-portal-ig

Picada de aranha mata turista na Bahia e amigo da vítima acusa restaurante

mundo-15-07-ft-divulgacao-Roberto-Cardassi

Empresário brasileiro suspeito de dar golpe de R$ 160 milhões é detido em Portugal

mat-paga-15-07-mundo-aviator

Os Melhores Jogos Crash Online – Diversão e Lucros Garantidos

mat-paga-15-07-ft-istockiphoto

O Papel da Psicologia nas Apostas

esporte-15-07-ft-div-gov-es-ginastas-capixabas

Dupla capixaba da ginástica rítmica garante pódio por equipe em última competição antes da Olimpíada

saude-15-07-ft-div-SESA-cirurgia

Espírito Santo soma mais de 70 mil cirurgias eletivas realizadas neste ano