Quatro alimentos que ajudam a controlar a ansiedade na pandemia

Publicado em 30/01/2021 às 14:29

Compartilhe

Medo, apetite desregulado, alteração de sono, tensão muscular e preocupações em excesso são exemplos de sintomas que podem estar relacionados a transtornos de ansiedade. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil já era o país mais ansioso do mundo antes da pandemia, com cerca de 8,6 milhões de pessoas que sofrem com a doença. Contudo, de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), após o início da pandemia, aproximadamente 80% da população brasileira se tornou mais ansiosa, enquanto em outros países a média é de 30%. 

Segundo a engenheira de alimentos Erika de Almeida, a alimentação balanceada é uma alternativa para ajudar a diminuir e controlar a ansiedade. “Magnésio, cálcio e triptofano são exemplos de nutrientes que aumentam a produção de serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade. Outros nutrientes como ômega-3 e selênio, por exemplo, contribuem para um melhor funcionamento do organismo, ajudando a melhorar os sintomas da ansiedade. Alimentos saudáveis podem ser uma grandes aliados neste cenário”, explica a analista de Pesquisa e Desenvolvimento da Jasmine Alimentos, empresa especializada em alimentos saudáveis.

Confira cinco alimentos que ajudam a controlar a ansiedade. 

Castanha-do-Pará

Rica em selênio, a castanha-do-pará contribui para reduzir inflamações, que são comuns em pessoas que sofrem com transtornos de humor. Outro benefício das castanhas é a vitamina E, com propriedades antioxidantes, que ajudam a prevenir danos celulares e são benéficas no controle da ansiedade. Além de ser consumida in natura, as Castanhas-do-Pará podem ser encontradas em cookies e granolas, por exemplo. 

Banana

Com alto teor de triptofano, a banana é uma importante aliada na produção de serotonina, que ajuda no alívio da depressão e dos sintomas da ansiedade. A fruta também é rica em potássio, nutriente que também pode ajudar a reduzir os sintomas de estresse e ansiedade.

Chia

A chia é rica em ferro, aminoácidos e vitamina B, essenciais para o bom funcionamento da saúde cerebral. Também são fonte de fibras e ômega-3, que ajudam a diminuir os sintomas da ansiedade. Ela pode ser consumida em grãos, como farinha, ou na composição de receitas como biscoitos, bolos e pães.

Frutas cítricas

A vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a secreção de cortisol e promove o bom funcionamento do sistema nervoso. O hormônio costuma ser liberado em resposta ao estresse e à ansiedade, transmitindo para todo o corpo. A ingestão de frutas cítricas também está relacionada com o aumento da imunidade.

Veja também

WhatsApp-Image-2021-09-17-at-15.26.05

Médico Dr. Manoel Barcelos é sepultado hoje e filha faz depoimento emocionado

96640

Mulher encontra dedo humano dentro de lanche na Bolívia: “mastiguei”

96638

Bolsonaro aumenta o IOF até dezembro; veja como isso afeta os investimentos

© Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Fiocruz avalia efetividade da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

96634

Represas já operam com nível abaixo do pré-apagão

© Reuters / Kai Pfaffenbach / Direitos Reservados

Covid-19: número de casos e óbitos tem maior queda em 2021

Bate papo Arte Final

Dr. Manoel Barcelos: mais uma vítima fatal da Covid-19 – BPM#12

WhatsApp-Image-2021-09-17-at-10.13.25

Partidas de futebol infantil iniciam o ano esportivo em Marechal Floriano