PRF detém trio de estelionatários na BR 262 em Marechal Floriano

Publicado em 18/09/2020 às 11:46

Compartilhe

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve na tarde dessa quinta-feira (17), no km 50 da BR 262 em Marechal Floriano, um homem e duas mulheres, condutor e passageiras de um veículo Ford/ EcoSport. O trio é suspeito de praticar estelionatos na região e em outros estados do Brasil.

Agentes da PRF realizavam fiscalização no km 50 da BR 262, quando abordaram o veículo Ford/Ecosport com placas de Cuiabá/MT com três ocupantes. Ao revistar o interior do veículo, foram encontradas 89 cédulas de identidades em branco (não grafadas) de Goiás(03), Paraná(01), Tocantins(05) e de São Paulo(80).

Ao serem abordados, os ocupantes do veículo assumiram que utilizariam os formulários para confeccionar identidades falsas para aplicar golpes em estabelecimentos comerciais. Informaram ainda que compraram os formulários de identidade na praça da Sé, no centro de São Paulo/SP. No interior do automóvel foram localizados ainda 08 aparelhos celulares e a quantia de R$8.000,00 em espécie.

Foi comprovado ainda que o condutor e uma das passageiras já possuem passagem pela justiça, no Rio de Janeiro, pela prática de estelionato. A ocorrência Foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil em Venda Nova do Imigrante.

Veja também

© Samara Miranda/Remo/Direitos Reservados

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

© Reuters/Denis Balibouse/ Direitos Reservados

Brasil recebe mais dois lotes de vacinas da Pfizer

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

CCJ da Câmara aprova admissibilidade da PEC dos Precatórios

© Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

Brasil vence Argentina no Sul-Americano de vôlei feminino

© Bruno Haddad/Cruzeiro/Direitos reservados

Série B: VAR anula gol nos acréscimos e Cruzeiro empata com Operário

© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

CRB arranca empate com o Vasco na 24ª rodada da Série B

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Decreto aumenta alíquotas do IOF para custear novo Bolsa Família

© Rovena Rosa/Agência Brasil

CoronaVac dá proteção acima de 90% a quem tem comorbidades, diz estudo