Operação da Polícia Ambiental identifica crimes ambientais em Santa Teresa

Publicado em 20/05/2022 às 14:41

Compartilhe

Operacao-da-Policia-Ambiental-identifica-crimes-ambientais-em-Santa-Teresa-1

A Polícia Militar do Espírito Santo, por meio do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), juntamente com o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), realizou a Operação Curupira II, no município de Santa Teresa, durante o dia de ontem (19).

A ação tinha como objetivo fiscalizar 12 pontos alvos de denúncias de desmatamento da mata atlântica na região. O comandante do BPMA, tenente-coronel Cosme Carlos da Silva e o gerente regional, André Luiz Oliveira Cirqueira, estiveram presentes na ação. Participaram 22 policiais do BPMA e oito viaturas, além dos agentes do Idaf. A ação contou com o apoio do Comando de Operações Táticas em Mata Atlântica (COTAMA).

Pela manhã, na localidade Santo Anselmo, os policiais flagram uma área desmatada que soma 15 mil metros quadrados. A região é de Área de Proteção Permanente (APP), tendo em vista a existência de uma nascente na local. Há indícios de parcelamento irregular do solo, com o indicativo de ser um loteamento irregular.

A operação também ocorreu em Córrego Sujo e Tabocas, e foram identificados um total de três supressões de vegetação nativa – em sua maioria em estágio médio de regeneração -, somando aproximadamente 22 mil metros quadrados, dois intervenções em APP, uma construção de poço escavado com afloramento de lençol freático e início de queima de vegetação nativa que foram dispostas em leiras. Assista abaixo a um vídeo com imagens aéreas do local. 

“O BPMA continuará intensificando a fiscalização ambiental, de modo a contribuir para um meio ambiente ecologicamente equilibrado e no bem estar das gerações de hoje e do futuro. O cidadão pode realizar a denúncia anônima de crimes ambientais através do número 181, ou pelo site (www.disquedenuncia181.es.gov.br)”, destacou o tenente-coronel.  

OPERAÇÃO CURUPIRA – Essa foi a segunda edição da operação, que visa inibir o desmatamento ilegal, o parcelamento irregular de solo e agressões ao meio ambiente, muitas vezes em decorrência do desenvolvimento urbano e turístico e sua consequente especulação imobiliária.

Na primeira edição, realizada no último dia 13 de maio, em Domingos Martins, a Polícia Militar fiscalizou 44 pontos, sendo duas barragens interditadas. Em um dos terrenos denunciados, uma máquina retroescavadeira foi encontrada no local, mas não estava sendo utilizada no momento. A operação leva o nome de Curupira, personagem folclórico brasileiro que era o protetor das matas.

Fonte: PMA

Veja também

Vacinacao-contra-a-gripe-e-ampliada-para-toda-populacao-capixaba

Vacinação contra a gripe é ampliada para toda população capixaba

Festival-de-Inverno-de-Domingos-Martins-tera-oficina-inedita-de-Orquestra-de-Papel-para-criancas

Festival de Inverno de Domingos Martins terá oficina inédita de Orquestra de Papel para crianças

EDP-alerta-para-cuidados-com-a-rede-eletrica-durante-as-festas-juninas

EDP alerta para cuidados com a rede elétrica durante as festas juninas

cadastros-ativos-m

Espírito Santo alcança três mil empreendimentos regulares no Cadastur

Acoes-previstas-no-Programa-Caminhos-do-Turismo-comecam-a-ser-realizadas

Ações previstas no Programa Caminhos do Turismo começam a ser realizadas

De-forma-gratuita-cursos-culinarios-sao-ofertados-em-Marechal-Floriano

De forma gratuita, cursos culinários são ofertados em Marechal Floriano

Meses-apos-Sao-Bento-de-Urania-ser-prejudicado-por-fortes-chuvas-rodovia-estadual-continua-com-buracos-e-barrancos

Meses após São Bento de Urânia ser prejudicado por fortes chuvas, rodovia estadual continua com buracos e barrancos

Marechal-Floriano-ganha-Academia-de-Historia-Artes-e-Letras

Marechal Floriano ganha Academia de História, Artes e Letras