Observatório MulherES apresenta novo painel sobre saúde da mulher

Publicado em 07/11/2021 às 10:52

Compartilhe

saude-da-mulher-001

Em solenidade realizada na última sexta-feira (05) no Palácio Anchieta, em Vitória, foi lançado o Painel de Indicadores Saúde da Mulher, do Observatório de Políticas Públicas para Mulheres do Espírito Santo (Observatório MulherES). O painel foi desenvolvido em parceria com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), dentro do Programa “Agenda Mulher”. A governadora em exercício do Estado, Jacqueline Moraes, participou do evento.

“Estou muito feliz por entregar e cumprir o planejamento estratégico do Governo do Estado com o ‘Agenda Mulher’. O Observatório é uma reunião de dados em um único local, com transparência e protagonismo feminino. Essa importante ferramenta sempre estará abastecida com mais informações e deve ser utilizada pelos gestores”, disse a governadora em exercício.

Com o novo painel será possível ter acesso de forma rápida, fácil e transparente aos dados referentes à saúde da mulher, seja saúde reprodutiva, saúde mental, além de informações sobre morbidade e mortalidade, mortalidade materna e neonatal e também sobre infecções sexualmente transmissíveis. A consulta pode ser feita tomando como base de dados do Brasil e também do Espírito Santo, permitindo ainda cruzar informações por município capixaba, escolaridade, raça/cor ou faixa etária, por exemplo. 

As fontes de dados utilizadas para o levantamento dos indicadores são baseadas nos sistemas do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC).

Para o diretor de Integração do Instituto Jones dos Santos Neves, Pablo Lira, a entrega de mais um painel de indicadores reforça o compromisso do Governo do Estado com a transparência nas informações. 

“Hoje temos a oportunidade de realizar uma entrega relevante na área da saúde da mulher e que vem trazer luz a diversas questões importantes, como a gravidez na adolescência ou a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis, por exemplo. A partir desse diagnóstico, é possível pensar novas ações e otimizar aquelas políticas públicas que já estejam sendo realizadas, permitindo a focalização e integração entre Estado e os municípios”, afirmou Lira.

A coordenadora de Estatística do IJSN, Leticia Furtado, reforçou que o Observatório das MulherES é um processo contínuo de construção. “As informações disponibilizadas são periodicamente revistas e novas informações podem ser incluídas, em parceria com os demais órgãos do Governo. A previsão é de que mais dois novos painéis sejam lançados ainda esse ano, o ‘Painel de Liderança e Participação Política’ e o ‘Painel de Violência Contra a Mulher’. Para o próximo ano, está previsto um painel que aborde a área de Educação”, adiantou.

Durante o evento, a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, falou sobre os programas do eixo de proteção social do Programa Estado Presente em Defesa Social, assim como do Plano Estadual de Políticas para as Mulheres. “As políticas públicas não podem apenas ser pensadas em gabinete, precisam da participação popular. Foi nesse sentido que o Observatório foi feito, com base no Plano Estadual de Políticas para as Mulheres, que é uma conquista do movimento de mulheres, que se empenharam tanto na construção desse importante documento”, disse.

Nara Borgo prosseguiu: “Além disso, por meio do Observatório, vamos ter acesso a todas as informações que vão servir para orientar as políticas públicas do Governo do Estado e também vão auxiliar as pesquisas acadêmicas, pois muitas pessoas estudam sobre os direitos das mulheres e não têm onde pesquisar. Então é importante que esse material vá para as escolas e universidades, para que conheçamos mais sobre as nossas mulheres. E pensando nisso, em toda essa riqueza de informações que vamos ter acesso, temos também a questão da segurança, e nesse sentido temos o Pacto Estadual de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e em breve teremos os Núcleos e Centros de Referência às Mulheres.”

Observatório MulherES

Observatório de Políticas Públicas para Mulheres no Espírito Santo (Observatório MulherES) é uma iniciativa do Governo do Espírito Santo, executada pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), que se propõe a dialogar com outras instâncias governamentais e da sociedade civil visando contribuir para a discussão sobre as questões de gênero no Estado. 

Com o objetivo de contemplar as múltiplas formas de desigualdades que atingem as mulheres, o Observatório busca priorizar um conjunto de áreas temáticas baseadas no Plano Estadual de Políticas para as Mulheres do Espírito Santo (PEPMES), no Pacto Estadual pelo Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS 5: Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas) e nas áreas de atuação da ONU Mulheres.

O acesso aos painéis do Observatório MulherES pode ser feito em: http://www.ijsn.es.gov.br/observatorio-mulheres/paineis-de-indicadores

Agenda Mulher

O Agenda Mulher é um programa para empoderar e dar visibilidade às mulheres através do empreendedorismo, oferecendo e customizando cursos, desde formações e qualificações diversificadas, até o empreendedorismo emocional, que se dá pelo processo de autoconhecimento. O programa também aborda temas transversais e reflete o compromisso do Governo do Estado em investir na inovação e em ações que proporcionem igualdade de oportunidade entre homens e mulheres.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria

Veja também

A-atividade-fisica-contribui-na-qualidade-de-vida-e-na-longevidade

A atividade física contribui na qualidade de vida e na longevidade

terremoto-no-peru-28112021085412103

Terremoto de magnitude 7,5 atinge o Peru e é sentido no Brasil

Escolas-das-montanhas-sao-premiadas-pelo-projeto-Escola-que-Colabora

Escolas das montanhas são premiadas pelo projeto Escola que Colabora

107050

Covid-19: o que se sabe até agora da variante Ômicron

Patrulha-Rural-das-montanhas-e-destaque-em-evento-nacional-de-seguranca-publica-2

Patrulha Rural das montanhas é destaque em evento nacional de segurança pública

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Anvisa atualiza lista de restrições de voo para países da África

© Rovena Rosa/Agência Brasi

Pesquisa busca voluntários para testar tratamento para câncer de pênis

107041

PEC dos Precatórios deve beneficiar estados e municípios