Muitos buracos, pneus estourados e revolta de motoristas na BR-262

Publicado em 31/07/2017 às 02:57

Compartilhe

Mais de dez carros tiveram pneus estourados em um período de aproximadamente uma hora, na BR-262, na noite de hoje (30). Os motoristas ficaram revoltados com a situação, causada por enormes buracos em um trecho na altura do km 48, em Marechal Floriano.

O motorista particular Evandro Gomes de Castro, 50 anos, contou que seguia de Iúna para Guarapari, quando não conseguiu desviar dos buracos e teve dois pneus furados e rodas amassadas. “Em pouco mais de meia hora que estou parado, outros quatro carros tiveram um pneu furado cada e outros dois tiveram dois pneus furados. Uma vergonha essa situação. Estou revoltado com esse descaso”, disse Evandro, que dirigia o Toyota Etios, placas OVH-8795 (Guarapari).

Buracos na BR 262 3Outro motorista que também teve dois pneus do seu carro furados foi o corretor de imóveis Helcio José Alcure. Ele seguida de Ibatiba para Vila Velha no Fiat Idea, placas MTD-7350 (Vila Velha), quando não conseguiu desviar dos buracos na pista. “Isso é uma vergonha, pois pagamos tantos impostos, tudo sobe de preço e quando conseguimos sair para um passeio, não conseguimos chegar em casa por causa dessa rodovia. Eu estava dirigindo com muita atenção, mas infelizmente não consegui desviar desses buracos”, lamentou ele.

Helcio afirmou que irá buscar seus direitos e cobrará o prejuízo ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Ele relatou que em meia hora em que ficou parado no local, outros cinco carros tiveram pneus estourados no mesmo local. Os veículos foram: um Citroen C4 Pallas, dois Ford Fiesta, um Hyundai I30 e um Hyundai Azera.

Buracos na BR 262 1Geyson Ludwig, que passou pelo local e entrou em contato com a reportagem do Montanhas Capixabas, contou que também bateu com seu carro nos buracos, na noite de ontem, mas por sorte não teve pneus estourados. “Isso é uma vergonha, um descaso com os impostos que pagamos. Tem mais de meses que existem esses buracos e ninguém faz nada. É revoltante. Já ligamos para a Polícia Rodoviária Federal há mais de uma hora e ninguém apareceu para sinalizar”, reclamou.

Veja também

fungo-se-adapta-ao-calor-corporal

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

dia-de-sol-22-11-freepik

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

onda-de-calor

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

cafeicultura-sustentaavel

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

exportacao-de-abacate

Capixaba exporta abacate para a Argentina

Programa-Retomada-de-Obras-da-Saude

Ministério facilita a entrega de documentação para o Programa Retomada de Obras da Saúde

producao-de-mudas-in-vitro

Saiba como é a produção de mudas in vitro

62-dos-navios-para-exportacao-de-cafe-registram-atrasos-em-junho

62% dos navios para exportação de café registram atrasos em junho