Moradores sofrem com falta d´água e conta vem cinco vezes mais cara

Publicado em 28/09/2020 às 18:06

Compartilhe

Moradores do Bairro Jefferson de Aguiar, localizado próximo a Campinho, Sede de Domingos Martins, vivem uma situação complicada em relação ao abastecimento de água. Os mesmos reclamam que ao abrirem as torneiras, o que sai é só ar, mas as contas não deixam de chegar.

Além das contas chegarem em dia, alguns ficaram indignados com a última cobrança. Este foi o caso de Daniel Waiandt, que entrou em contato com a equipe de reportagem do Portal Montanhas Capixabas para mostrar o que vem ocorrendo na região.

Veja abaixo o vídeo

 

Direito do consumidor

Além de problemas com a falta de abastecimento, segundo os moradores,a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), orientou aos moradores que fizessem por si próprios procedimentos com o objetivo de acabar com o problema. Em contato com o advogado Dr. Gustavo Giuberti Laranja, o mesmo disse que não seria obrigação dos usuários realizar a manutenção orientada pela empresa.

Moradores sofrem com falta dágua e conta vem cinco vezes mais cara“Isso não é obrigação e também não há nada determinando que o consumidor faça isso. Até porque, todos os hidrômetros foram instalados pela Cesan, o que faz com que essa verificação não seja de responsabilidade do usuário do sistema”, afirma Dr. Gustavo.

Além disso, o advogado falou sobre as contas que vieram com valor mais alto e mais uma vez orientou os moradores. “Deve ser feito um pedido administrativo à Cesan, explicando toda a situação que vem ocorrendo e apresentar as provas necessárias, para a revisão desses valores. No caso de não acolhimento desse pedido por parte da empresa, pode-se recorrer à justiça, pedindo a restituição do valor pago, em dobro, além de um possível dano moral”, explica.

A Cesan

A Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), através de sua assessoria de imprensa, respondeu as perguntas enviadas pelo Portal. A concessionária relatou que está trabalhando para corrigir um problema operacional nessa região e enviou uma nota à imprensa.

“Os clientes afetados devem ligar para o telefone 115 que poderão ter o abastecimento complementar com caminhões-pipa. Sobre as contas de água o cliente deve ligar para o mesmo número, a chamada é gratuita e o atendimento é realizado 24 horas, todos os dias”, encerra a nota.

Veja também

© Samara Miranda/Remo/Direitos Reservados

Com gol contra, Remo vence Avaí em confronto de Leões pela Série B

© Reuters/Denis Balibouse/ Direitos Reservados

Brasil recebe mais dois lotes de vacinas da Pfizer

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

CCJ da Câmara aprova admissibilidade da PEC dos Precatórios

© Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

Brasil vence Argentina no Sul-Americano de vôlei feminino

© Bruno Haddad/Cruzeiro/Direitos reservados

Série B: VAR anula gol nos acréscimos e Cruzeiro empata com Operário

© Rafael Ribeiro/Vasco/Direitos Reservados

CRB arranca empate com o Vasco na 24ª rodada da Série B

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Decreto aumenta alíquotas do IOF para custear novo Bolsa Família

© Rovena Rosa/Agência Brasil

CoronaVac dá proteção acima de 90% a quem tem comorbidades, diz estudo