Moradores de Santa Maria de Jetibá questionam classificação alta de Covid-19

Publicado em 27/08/2020 às 13:57

Compartilhe

Após o município de Santa Maria de Jetibá ser classificado como risco alto no Mapa Covid-19, divulgado no último sábado (22), pelo governo estadual, moradores começaram a questionar os motivos que fizeram com que o município saísse do risco moderado, quando as regras de abertura dos comércios são menos rígidas.

Moradores de Santa Maria de Jetibá questionam classificação alta de Covid 19Além de Santa Maria de Jetibá, outros cinco municípios estão na classificação de risco alto durante essa semana: Águia Branca, Barra de São Francisco, Colatina, Ecoporanga, Itapemirim, Linhares, Mucurici, Nova Venécia, São Mateus e Vila Valério. Um dos questionamentos dos moradores é com relação à diferença do número de casos ativos de pessoas com Covid-19 e os curados, comparando os boletins da Prefeitura com os dados do Painel Covid-19, do governo estadual.

Por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura de Santa Maria de Jetibá, a Secretaria Municipal de Saúde informou que “a contagem dos infectados do município é feita pelos resultados de exames laboratoriais positivos, tanto de laboratórios privados como os oferecidos pelo serviço público (LACEN, Laboratório municipal, inquéritos)”.

A nota divulgada pela Prefeitura também destaca o motivo da diferença nos números entre os dados do município e do Portal Covid-19, do Governo do Estado. “Ocorre por causa de inconsistências do sistema, que devido ao aumento no número de notificações, está sobrecarregado e não processando as informações adequadamente”.

Já a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) esclareceu, por meio de sua assessoria de imprensa, que todos os casos suspeitos ou confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) devem ser notificados por meio do Sistema de Informação em Saúde e-SUS Vigilância em Saúde (VS), sistema de notificação compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde, voltados aos serviços de saúde públicos e privados.

“São contabilizados no Painel Covid-19 os exames realizados por sorologia, RT-PCR e os testes rápidos. Assim que os resultados são notificados pelos serviços de saúde responsáveis, as informações são inseridas no sistema como um caso confirmado laboratorialmente”, destacou a Secretaria.

A Sesa ressalta que nos últimos dias realizou mais uma vez a ampliação dos critérios de coletas de exames, além de uma nova etapa do Inquérito Sorológico e o Censo de Profissionais, o que influencia diretamente no aumento de casos confirmados.

De acordo com um comparativo feito por moradores de Santa Maria de Jetibá, entre o dia 15 de julho a 22 de agosto, todos os dias os números de casos confirmados de Covid-19 apresentados pelo sistema do governo são maiores dos apresentados pela Prefeitura. No último dia 20, por exemplo, os dados da Prefeitura apresentavam 19 pessoas a menos na lista dos casos totais.

Já o número de pessoas curadas que constam no relatório da Prefeitura, no mesmo período, de acordo com o comparativo dos moradores, era sempre maior que os números do Painel Covid-19. Esse comparativo circulou em redes sociais e em grupos de aplicativos de conversa de moradores de Santa Maria de Jetibá. De acordo com os dados de hoje (27) do Painel Covid-19, o município tem 577 casos confirmados, sendo que 10 pessoas morreram e 528 estão curadas.

Aumento de casos confirmados foi o motivo para a classificação de risco alto

De acordo com informações do Centro de Comando e Controle da Covid-19 do governo estadual, o motivo pelo qual fez com que Santa Maria de Jetibá saísse da classificação moderada para alta foi o aumento do número de casos ativos da doença nos dias anteriores à divulgação do 19º Mapa de Risco Covid-19, com vigência entre a última segunda-feira (24) e o próximo domingo (30).

“Os casos ativos aumentaram muito em Santa Maria de Jetibá, e esse foi o principal motivo para que o município fosse classificado como risco alto. Dos quatro critérios usados para classificar os municípios, os casos ativos tem 50% de peso. E como esse índice aumentou muito, o município passou para risco alto”, destacou o Coronel Alexandre dos Santos Cerqueira, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo.

NOVO MAPA – Ontem (26), durante uma coletiva de imprensa, o governador Renato Casagrande anunciou a nova matriz de risco que será usada a partir desta semana para classificar os municípios no Mapa Covid-19. Chamada de Matriz de Risco de Convivência, no “Eixo Ameaça” serão analisados: casos ativos nos últimos 28 dias, que terá um peso de 30%; o número de testes para mil pessoas, que também terá o peso de 30% e a média de óbitos dos últimos 14 dias, que terá um peso de 40%.

Casagrande volta as aulasNo “Eixo Vulnerabilidade”, a taxa de ocupação de leitos de UTI será levada em consideração. Casagrande reforçou o papel dos municípios para a redução de risco da classificação das cidades no Mapa Covid-19, que é divulgado toda semana, aos sábados.

“Se o município tiver feito muitos testes, tiver poucos casos ativos e redução de mortes, a classificação será melhor. A equipe de saúde municipal tem um papel importante para que a cidade melhore a sua classificação. O acompanhamento dos infectados, a testagem de familiares de quem contraiu a doença e a retirada do nome das pessoas curadas da lista de casos ativos são exemplos de ações que podem contribuir com a classificação dos municípios”, reforçou o governador.

Veja também

mosquito-1

Conheça algumas particularidades do mosquito Aedes aegypti

Colunas-Montanhas2_seus-direitos

Humanização das relações no ambiente de trabalho

sapateiro sumido

Após sete dias desaparecido, homem reaparece na casa de filha

WhatsApp-Image-2021-07-30-at-09.40.42

Plantio de flores será concluído hoje ao lado da antiga estação ferroviária de Marechal Floriano

WhatsApp-Image-2021-07-30-at-08.07.18

Em menos de 24 horas, Polícia Militar prende suspeito de ter matado uma mulher em Afonso Cláudio

bate-papo-mc

Merecemos a medalha de ouro? – BPM #06

WhatsApp-Image-2021-07-29-at-11.08.49

Ônibus e micro-ônibus de turismo estão proibidos na Rota do Lagarto aos finais de semana e feriados

WhatsApp-Image-2021-07-29-at-10.25.36

Família oferece R$ 200 de recompensa para quem achar cão desaparecido