Homem preso pela PM morre dentro da delegacia de Venda Nova do Imigrante

Publicado em 07/05/2017 às 13:31

Compartilhe

Um homem acusado de causar tumulto no bar da rodoviária de Venda Nova do Imigrante, região sul do Estado, acabou morto dentro da delegacia de Polícia Civil. De acordo com a PM, ele estava desorientado no bar e, após sua prisão, teria colocado fogo em um colchão da delegacia, causando um incêndio que culminou com sua morte. Para a imprensa, a delegada titular, Maria Elizabete, relatou que a perícia técnica apontará de que forma realmente o preso foi morto.

O funcionário da lanchonete da rodoviária relatou que Geovane Madeira Mates, chegou ao local, transtornado, jogando dinheiro dentro do estabelecimento, causando transtorno em seu ambiente de trabalho. E.B.C. comunicou o fato à polícia, que foi ao local e deteve o acusado. A PM notifica que Geovane estava alterado psicologicamente, mas não estava mais dentro da lanchonete quando foi preso. Ele foi conduzido para a delegacia e, por conta de sua agressividade foi colocado em um compartimento fechado.

A PM relata que durante a condução de Geovane à delegacia, ele ficou ainda mais agressivo. Afirma também que não foi possível perceber se o conduzido havia feito uso de entorpecentes. Com o preso foi encontrado apenas dinheiro, cigarro e um cartão do SUS. Durante a noite ocorreu o incêndio, que, segundo a Polícia Civil, vitimou Geovane Madeira Mates.

De acordo com a PM, minutos após concluir seu trabalho na delegacia, policiais civis de plantão relataram que o preso ateou fogo no próprio colchão causando o incêndio. Ainda segundo informações, os policiais fizeram o que foi possível para conter o fogo, mas sem sucesso. Geovane foi encontrado morto e o Corpo de Bombeiros foi chamado ao local para dissipar as chamas e fumaça. A Perícia da PC esteve no local e efetuou o traslado do corpo ao IML de Cachoeiro do Itapemirim.

De acordo com a delegada titular da delegacia, Maria Elizabete, o laudo do IML irá dizer o que matou Geovane, que é natural de Ibatiba e possui passagens pela polícia. “Solicitei a perícia e só após o laudo poderemos afirmar algo sobre o caso. Posso adiantar que, segundo meus policiais, eles tentaram socorrê-lo, mas já o encontraram morto dentro da cela”, disse Maria Elizabete Zanolli, titular da delegacia de Venda Nova do Imigrante.

Veja também

geral-16-02-policlinica-pmmf

Vagas de emprego com salários de quase R$ 2 mil em Marechal Floriano

cultura-15-07-ft-divulgacao-candidatas-festa-morango

Seis jovens concorrem ao título de rainha da Festa do Morango

geral-15-07-ft-gov-es-confecao-roupas-unidade-prisional

Unidade prisional confecciona conjuntos em TNT para pacientes em situação de rua

brasil-15-07-ft-Reproducao-Redes-Sociais-PMERJ-eperacao-policial-Rio

Rio tem megaoperação policial em dez favelas na manhã desta segunda

mundo-15-07-ft-Rebecca-DROKE-ataque-Trump

Trump dá primeira entrevista após levar tiro: ‘Deveria estar morto’

geral-15-07-ft-Renan-Louzada-incendio-pedra-azul

Incêndio em Pedra Azul é combatido por equipes dos bombeiros

centro-cirurgico

Centro Cirúrgico 2.0: projeto para otimizar processos e garantir agilidade a quem precisa de cirurgia pelo SUS capixaba

ministerio-da-saude

Ministério da Saúde já realizou mais de 2.600 atendimentos à estados e municípios