Hipertensos podem apresentar prescrições médicas como comprovação da comorbidade

Publicado em 10/05/2021 às 15:13

Compartilhe

Foi publicada, na última sexta-feira (07), a Nota Técnica Covid-19 nº 12/2021 da Secretaria da Saúde (Sesa), que trata sobre as comorbidades da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, incluindo detalhamento dos documentos que podem ser apresentados como meio de comprovação para casos de hipertensão arterial e obesidade mórbida.

A recomendação da Sesa é que sejam aceitos laudos, prescrições médicas, cadastro preexistentes na unidade básica ou declarações do enfermeiro dos serviços de saúde onde o usuário faz tratamento com a descrição da comorbidade ou condição existente, no caso da obesidade mórbida também será aceito laudo emitido por nutricionista. No caso da hipertensão, serão aceitas aquelas com a descrição “hipertensão arterial”, independentemente da confirmação de lesão em órgão-alvo.

As ações de vacinação deverão seguir as estratégias definidas em pactuação entre o Estado e os municípios, na Comissão Intergestores Bipartite, por meio da Resolução CIB nº 048/2021, na qual define as fases a serem seguidas, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizadas e a relação do documento comprobatório que deverá ser apresentado no ato da vacinação.

Nota Técnica Covid-19 nº 12/2021

Veja também

97735

Mulher denuncia empresa e pede demissão no alto-falante; veja o vídeo

97733

MetaRed X Brasil faz encontro de boas práticas em empreendedorismo universitário

© Reprodução Twitter/Bangu Atlético Clube

São Paulo autoriza volta do público aos estádios a partir de outubro

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Rio entra em risco moderado de transmissão da covid-19

97727

Gasolina fica mais cara em 18 estados após atualização do governo

97725

Abono do PIS/Pasep vai aumentar em 2022; simule quanto você vai receber

97723

INSS: pagamento de até um salário mínimo começa nesta sexta-feira (24)

97721

INSS: prazo para fazer prova de vida acaba em menos de uma semana