Governo aumenta previsão de inflação e salário mínimo pode ir a R$ 1.200 em 2022

Publicado em 31/10/2021 às 11:20

Compartilhe

102945


source
Salário mínimo pode ir a R$ 1.200 em 2022 com alta da inflação
pixbay

Salário mínimo pode ir a R$ 1.200 em 2022 com alta da inflação

O governo federal aumentou na última semana, mais uma vez, a previsão de inflação para 2021. A alta dos preços, sentida diariamente pelos brasileiros, deve chegar a 9,1% no acumulado do ano. A previsão anterior era de 8,4%. A atualização foi feita pelo secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago.

Com a inflação maior e ainda em alta, sobe também o salário mínimo, corrigido anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Se o INPC realmente for de 9,1%, como previu Colnago, o salário mínimo passaria dos atuais R$ 1.100 para R$ 1.200 em 2022.

Em agosto, quando enviou o Orçamento do ano que vem, o governo federal previu que o piso nacional passasse a R$ 1.169, mas a alta da inflação deve elevar também o salário dos brasileiros – que a cada dia veem seu dinheiro valer menos, com o custo de vida mais caro.

Além da função de definir o salário base dos brasileiros, o mínimo é também usado para reajustar benefícios do INSS, abono salarial e mais. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o piso nacional serve de referência para pelo menos 50 milhões de brasileiros, sendo praticamente metade de segurados da Previdência.

Correção anual

Segundo a Constituição, todos os anos o salário mínimo precisa ser corrigido pelo menos com base na variação do INPC no ano anterior. Em 2021, no entanto, o governo não seguiu isso: o piso nacional atualmente é de R$ 1.100, e em 2020 era de R$ 1.045: reajuste de 5,26%. No entanto, o INPC foi de 5,45%, então o reajuste deveria ter feito o valor subir a R$ 1.101,95, e não R$ 1.100.

Leia Também

Isso ocorreu porque o INPC só foi divulgado após a definição do salário mínimo de 2021. O governo poderia ter reajustado o valor após o aumento do INPC, mas não o fez.

Mais um ano sem ganho real

De 2011 a 2019, o salário mínimo tinha, além da correção pelo INPC, um aumento baseado no Produto Interno Bruto (PIB), para que os brasileiros pudessem aumentar seu poder de compra.

Desde o primeiro ano do governo de Jair Bolsonaro, porém, essa prática acabou. O salário mínimo agora tem apenas a correção pela inflação – em 2021, nem isso, já que o reajuste foi insuficiente, menor que o INPC. Em 2022, a tendência é que isso permaneça, e o piso nacional aumente apenas com base na previsão para o INPC.

Veja também

107068

Baleia Rossi defende emendas de relator, mas admite necessidade de transparência

A-atividade-fisica-contribui-na-qualidade-de-vida-e-na-longevidade

A atividade física contribui na qualidade de vida e na longevidade

terremoto-no-peru-28112021085412103

Terremoto de magnitude 7,5 atinge o Peru e é sentido no Brasil

Escolas-das-montanhas-sao-premiadas-pelo-projeto-Escola-que-Colabora

Escolas das montanhas são premiadas pelo projeto Escola que Colabora

107050

Covid-19: o que se sabe até agora da variante Ômicron

Patrulha-Rural-das-montanhas-e-destaque-em-evento-nacional-de-seguranca-publica-2

Patrulha Rural das montanhas é destaque em evento nacional de segurança pública

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Anvisa atualiza lista de restrições de voo para países da África

© Rovena Rosa/Agência Brasi

Pesquisa busca voluntários para testar tratamento para câncer de pênis