Governador Casagrande garantiu que criminoso que comandou incêndio a ônibus será preso

Publicado em 11/10/2022 às 21:40

Compartilhe

Incêndio em ônibus cpa

Texto: Julio Huber / Foto: Redes sociais

Após criminosos colocarem fogo em seis ônibus e em um carro de reportagem da TV Tribuna, em Vitória, durante o dia de hoje (11), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, e comandantes das forças policiais capixabas, afirmaram que as ações dos bandidos são reações à morte de um segurança de um dos traficantes mais procurados do Estado, e também devido a prisão de pelo menos 10 importantes traficantes que atuavam no Espírito Santo.

Tudo começou após uma troca de tiros entre criminosos e policiais militares no bairro Bonfim, na noite de segunda-feira (10), que terminou com a morte de Jhonatan Cândito, 26 anos. De acordo com a polícia, ele seria segurança do traficante Fernando Moraes Ferreira Pimenta, conhecido como “Marujo”, responsável pelo comando do tráfico de drogas em várias regiões da Grande Vitória.

De acordo com a Polícia Militar, policiais receberam uma denúncia anônima informando que “Marujo” estaria escondido na escadaria Alexandre Rodrigues. Quando chegaram ao bairro, policiais foram recebidos a tiros. Depois de seguirem com as incursões em busca do traficante, eles se depararam com suspeitos armados e houve uma troca de tiros.

Jhonatan Cândido ficou ferido e foi socorrido e levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (Heue), em Vitória, mas não resistiu aos ferimentos. Policiais militares disseram que ele estava armado e atirou contra os militares.

Foram apreendidos uma pistola calibre 9 milímetros, dois carregadores de pistola e munição calibre 12 e 9 milímetros. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), o suspeito morto no confronto com a PM já esteve preso por tráfico de drogas e por outros crimes. O coronel Douglas Caus, comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo, disse que bandido que manda colocar fogo em ônibus é bandido burro.

“Estamos vivendo uma reação. É uma tentativa de intimidar o trabalho dos nossos policiais. Desde ontem a noite, quando ocorreu um confronto, começou a ter, no dia de hoje, essa reação. Já fizemos a prisão de 10 pessoas envolvidas nos incêndios aos ônibus, e vamos pegar todos”, afirmou o governador Renato Casagrande.

O governador afirmou que além dessas pessoas que estão na parte operacional do crime, também será alcançado quem está no comando. “Em nenhum momento nossas forças policiais perderam o jogo e nem investigações de casos complicados como este que a gente está vivendo no dia de hoje, vide Santa Leopoldina. Nós temos um histórico de competência de nossas forças policiais. Pode ter certeza que nós não nos intimidaremos e nós alcançaremos de fato quem está no comando. Já temos notícias, através da inteligência do comando, e alcançaremos essas pessoas”, garantiu Casagrande.

Veja também

Corpo-de-mulher-encontrado-em-MF

Corpo de mulher é encontrado próximo ao Rio Jucu em Marechal Floriano

copa-futsal-feminino

Copa Verde de Futsal Feminino movimenta região das Montanhas Capixabas neste fim de semana

projetos-esportivos-dm

Projetos sociais esportivos em Domingos Martins oferecem vagas para crianças e jovens de 6 a 16 anos

dengue-em-mf

Marechal Floriano entra em alerta de alto risco com mais de 100 casos de dengue notificados

fungo-controlador

Estudo explica como um fungo pode controlar a principal praga que afeta o cultivo de milho

aedes-aegypti

Prevenção contra a dengue deve ocorrer também em propriedades rurais

saude-23-02-PMDM

Primeiras doses da vacina contra a dengue chegam a Domingos Martins

WhatsApp-Image-2024-01-24-at-13.56.47-2

O poder da comunicação ao promover a inclusão social