“Bandido que manda colocar fogo em ônibus é bandido burro”

Publicado em 11/10/2022 às 22:21

Compartilhe

Douglas Caus

Texto: Julio Huber / Foto: Polícia Militar

O coronel Douglas Caus, comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo, afirmou que mais de 300 policiais estão reforçando a segurança em regiões onde hoje (11) ocorreram incêndios a seis ônibus, a um veículo da imprensa e ataques criminosos, em Vitória, após a morte do segurança de um dos comandantes do tráfico.

O comandante da Polícia Militar do Estado destacou que a reação de hoje dos bandidos é porque a polícia está prendendo os chefes das organizações criminosas. Segundo ele, na noite de ontem (10), com informações do Serviço de Inteligência, agentes das forças de segurança fizeram uma incursão no bairro Bonfim, e se depararam com diversos homens armados.

A ação terminou com a morte de Jhonatan Cândito, 26 anos. De acordo com a polícia, ele seria segurança do traficante Fernando Moraes Ferreira Pimenta, conhecido como “Marujo”, responsável pelo comando do tráfico de drogas em várias regiões da Grande Vitória. O governador Renato Casagrande também reafirmou que os comandantes dos crimes de hoje serão presos.

“Eles atiraram contra a força policial, houve o revide, e também visualizamos o Marujo. O foco da Polícia Militar e da Polícia Civil é prender os grandes traficantes. Prendemos 10 grandes traficantes em menos de 60 dias. Essa troca de tiros demonstra que estamos chegando cada vez mais perto desses indivíduos. Vamos usar toda a nossa força. Se eles se entregarem, vão ser algemados e presos, mas se eles reagirem, virão igual o traficante que voltou ontem para o IML”, alertou o coronel Douglas Caus.

O comandante afirmou que o trabalho da polícia está intensificado para manter a segurança da população. “Não será tolerado que pessoas desçam os morros para fecharem ruas e protestar contra a morte de um facínora contra a sociedade e contra a imprensa. A Polícia já chegará usando a força não letal para fazer a dispersão”, disse.

Douglas Caus enfatizou que os bandidos não terão vez no Estado. “Bandido que manda colocar fogo em ônibus é bandido burro. É bandido que chama a polícia para a sua localidade, onde faremos saturação, prenderemos traficantes, apreenderemos armas e munições. É coisa de bandido burro. Quando eles vieram do Rio de Janeiro, talvez eles pensaram que porque lá eles podem fazer isso, que fariam aqui também. Mas, a polícia capixaba é completamente diferente. O nosso cartão de visita foi entregue lá em Santa Leopoldina. E pra eles será a mesma coisa”, destacou o coronel.

O comandante da PM disse que os comandantes do crime serão pegos. “Ou ele cava um túnel e desaparece, ou ele foge para outro Estado. Eu quero mandar um recado ao Marujo: não adianta você se esconder dentro da casa de seus parentes, se você estiver lá, vamos prender todo mundo por associação ao tráfico. Seu espaço está curto, e é burrice você enfrentar as polícias Civil e Militar no Espírito Santo”, alertou o comandante.

Veja também

brasil-14-06-ft-Rovena-Rosa

FAB encerra neste sábado recebimento de doações ao Rio Grande do Sul

esportes-14-06-ft-go-es

Paratleta capixaba conquista prata no World Series de natação na França

geral-14-06-ft-gov-es-arvore-fotovotaica

Parque Cultural Casa do Governador recebe árvore fotovoltaica

saude-14-06-ft-gov-es

Nova linhagem do Coronavírus foi detectada no Espírito Santo

policia-14-06-moto-roubada-mf

Motocicleta é furtada em Marechal Floriano e vítima diz que vai mudar de cidade

capa-coluna-vida-saudavel-2

Acidentes de trânsito, um problema de saúde pública

politica-14-06-ft-assessoria-Janete-de-Sa-Desportiva-Ferroviaria

Estádio da Desportiva Ferroviária poderá se tornar patrimônio cultural material do Estado

mundo-14-06-ft-Divulgacao-Queen-Elizabeth-Hospital-vacina-cancer

Vacinas contra o câncer estão em testes no Reino Unido