Fitas plásticas voltam a fechar acessos a locais públicos em Marechal Floriano

Publicado em 18/03/2021 às 11:10

Compartilhe

Começaram, na tarde de ontem (17), as instalações das fitas plásticas nos locais públicos de Marechal Floriano. O objetivo é evitar aglomerações de pessoas nas praças, jardins, campos de futebol com gramados ou de areia, estação ferroviária e ainda as partes laterais das pontes sobre o rio Braço Sul.

Fitas plásticas voltam a fechar acessos a locais públicos em Marechal FlorianoEsses locais, através das aglomerações, produzem situações a serem consideradas como responsáveis pelo aumento da doença Covid-19 no município. O início do trabalho da instalação foi na Praça José Henrique Pereira, que recebeu quatro fitas em todo o seu entorno. Hoje serão adquiridos mais materiais para o término do fechamento dos locais públicos.

A ação da Prefeitura é em atendimento a uma determinação do governo estadual, que instituiu uma quarentena de 14 dias em todo o Espírito Santo, para tentar conter o avanço da Covid-19. A ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com a doença está acima de 90%, e diversas regras tiveram que ser editadas pelo governo para reduzir o contágio.

“Vamos receber, provavelmente ainda hoje, uma maior quantidade de fitas para instalação na Praça Santa Rita, no local de divertimentos infantis do bairro Poço Fundo, no Museu da Imigração, campinhos de areia da Avenida Arthur Haese, calçadas nas partes laterais das duas pontes sobre o Braço Sul do rio Jucu e outros locais onde se reúnem muitas pessoas”.

A informação é do servidor municipal Ilmar Tongo, ressaltando que o trabalho é uma parceria entre as secretarias de Saúde e de Obras e Serviços Urbanos de Marechal Floriano. “Os secretários Maria Arlete Moraes Silva e Antônio Malini pretendem realizar esse um trabalho completo para evitar que os moradores e visitantes contraiam a doença”.

De acordo com a secretária Arlete Silva, o decreto imposto pelo governador Renato Casagrande, que não permite bares, restaurantes e outros estabelecimentos abrirem as portas, faz com que a sede de Marechal Floriano passe por uma queda de movimentação. “Participamos de encontros com autoridades da Justiça para organizarmos tudo com legalidade e vamos com essa quarentena ganhar resultados favoráveis à saúde do povo”, disse Arlete.

Veja também

Colunas-Montanhas2_Artes

QUERIDA INTERDISCIPLINARIDADE

vegetacao-santa-maria

Polícia Ambiental flagra desmatamento de vegetação nativa em Santa Maria de Jetibá

WhatsApp-Image-2021-09-27-at-11.15.28

Córrego que despeja água no Braço Sul do Rio Jucu será limpo

WhatsApp-Image-2021-09-27-at-08.40.26

Carro tomba e é destruído em estrada vicinal de Domingos Martins

uva

Produção de uvas ganha cada vez mais destaque em Alfredo Chaves

dose-de-reforco-para-a-saude

Ministério da Saúde aprova dose de reforço para profissionais

setembro-amarelo

Programas de Residências fortalecem ações para cuidados de saúde mental na pandemia

rampa-de-escape

Governador anuncia projeto para rampa de escape na ES-164