Estado anuncia abertura de 60 leitos doados pela iniciativa privada em São Mateus

Publicado em 22/04/2021 às 11:32

Compartilhe

O Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus, conta com mais 60 leitos de enfermaria clínica para o tratamento de pacientes com o novo Coronavírus (Covid-19). Nesta quarta-feira (21), o governador do Estado, Renato Casagrande, esteve no local para acompanhar a abertura dos novos leitos, doados pelas empresas Águia Branca, EDP e Suzano, com o apoio do movimento empresarial ES em Ação.

Devido à demanda imediata da Região Norte de Saúde em relação ao crescente número de casos e internações pela Covid-19, o Governo do Estado priorizou a disponibilização dos novos leitos na unidade hospitalar de São Mateus.

Para a construção, foi firmado um termo de cooperação técnica entre o Governo e o movimento empresarial, sem transferência de recursos financeiros. A construção foi realizada em unidades modulares (pré-fabricadas) e provisórias, em espaço anexo ao Hospital Roberto Arnizaut Silvares, com recursos exclusivos das empresas, bem como a aquisição de equipamentos.

O Estado fará o gerenciamento de recursos humanos e de manutenção, enquanto os leitos ficarão à disposição do Sistema Único de Saúde (SUS) capixaba pelo período de 90 dias, podendo ser prorrogado. O acesso será feito via regulação estadual.

“É muito bom estar abrindo esses leitos aqui no Roberto Silvares, em São Mateus. Vocês estão acompanhando nosso esforço e contamos com a ajuda de todo mundo. Estamos em um trabalho gigantesco, abrindo mais de dois mil leitos de UTI e Enfermaria. Fizemos uma parceria importante com empresas que nos ajudaram a construir essa estrutura. São 60 leitos de enfermaria que parecem um hospital permanente, com estrutura qualificada e que dará dignidade a quem tiver que vir a ser internado aqui”, afirmou o governador.

Casagrande destacou a importância das parcerias e da união de todos em torno do enfrentamento à pandemia. “Esse recurso veio das empresas EDP, Suzano e Águia Branca, com o apoio do ES em Ação. Veja como é bom termos parceria do Governo do Estado com prefeituras, setor empresarial, Assembleia Legislativa e a sociedade em geral. Minha expectativa é que possamos seguir reduzindo a ocupação dos leitos em decorrência da nossa quarentena. Começamos a ter uma redução na transmissão do vírus e uma menor demanda hospitalar. Se Deus quiser, teremos redução de óbitos nos próximos dias”, declarou.

Leitos ficam prontos em menos de 20 dias

A união das empresas Águia Branca, EDP e Suzano, com apoio do ES em Ação permitiu a entrega dos 60 leitos em menos de 20 dias. Com a doação de mais de R$ 2 milhões das empresas, foi possível realizar as contratações para montagem da estrutura provisória, além disso, coube ao movimento empresarial a contratação de equipamentos e móveis a serem utilizados e que posteriormente serão doados ao Estado.

“Certamente, esta é mais uma iniciativa inovadora na relação empresa-sociedade e na relação empresa-estado, evidenciando o compromisso do empresariado capixaba com as mais importantes demandas da nossa sociedade nesta fase crítica da pandemia”, reforçou o diretor-presidente do ES em Ação, Fabio Brasileiro.

Veja também

© Reprodução Twitter/Bangu Atlético Clube

São Paulo autoriza volta do público aos estádios a partir de outubro

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Rio entra em risco moderado de transmissão da covid-19

97727

Gasolina fica mais cara em 18 estados após atualização do governo

97725

Abono do PIS/Pasep vai aumentar em 2022; simule quanto você vai receber

97723

INSS: pagamento de até um salário mínimo começa nesta sexta-feira (24)

97721

INSS: prazo para fazer prova de vida acaba em menos de uma semana

97719

Tempestade Sam ganha força e deve se tornar furacão nesta sexta-feira, nos EUA

2309-unplash

Como a Covid 19 afeta a educação dos alunos?