EDP assina ordem de serviço para construção de subestação de energia em Santa Teresa, no Espírito Santo

Publicado em 06/07/2021 às 08:32

Compartilhe

EDP-assina-ordem-de-servico-para-construcao-de-subestacao-de-energia-em-Santa-Teresa-no-Espirito-Santo

Texto: Julio Huber / Foto: Divulgação

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, realizará um investimento da ordem de R$ 4,4 milhões com a construção da Subestação Caldeirão, no município de Santa Teresa, na região Serrana do Estado. A cerimônia de assinatura da ordem de serviço de início das obras foi realizada na Prefeitura de Santa Teresa e contou com a presença do prefeito Kleber Medici, e do diretor da EDP, Fernando Saliba. A reunião seguiu todos os protocolos sanitários vigentes de combate à Covid-19.

O empreendimento beneficiará 7,5 mil habitantes do município de Santa Teresa, Santa Maria de Jetibá e Itarana, e permitirá a geração de 36 postos de trabalho durante as obras. A subestação eleva a capacidade do sistema energético e foi planejada para ampliar a capacidade de abastecimento de energia e assegurar o crescimento econômico local.

O empreendimento beneficiará 7,5 mil habitantes do município de Santa Teresa, Santa Maria de Jetibá e Itarana, e permitirá a geração de 36 postos de trabalho durante as obras. A subestação eleva a capacidade do sistema energético e foi planejada para ampliar a capacidade de abastecimento de energia e assegurar o crescimento econômico local.

A nova subestação será erguida em uma área de 2,7 mil metros quadrados na localidade de Alto Caldeirão e está prevista para entrar em operação em 06 meses. A Subestação Caldeirão somará as outras 97 subestações que compõem a rede de distribuição da EDP.
“Com este investimento, a EDP reforça a infraestrutura de distribuição contribuindo para o desenvolvimento econômico do Estado, contribuindo com a geração de empregos e melhorando a qualidade no fornecimento de energia dentro de elevadas condições técnicas e de segurança”, afirma Fernando Saliba.

O prefeito de Santa Teresa, Kleber Medici, destacou a importância do empreendimento para a região. “A construção estratégica dessa subestação de energia da EDP contribuirá em muito para o desenvolvimento da microrregião Central-Serrana. A população e as empresas instaladas e outras que quiserem se instalar em nosso município contarão com um sistema sem risco de sobrecarga, portanto, com maior estabilidade e segurança no fornecimento de energia”.

A subestação contará com dois níveis de tensão (69/13,2 kV), um transformador de 6,67 MVA distribuídos em dois alimentadores de média tensão, trazendo maior confiabilidade e qualidade. A operação da subestação será telecomandada via Centro de Operação Integrado (COI). Totalmente digitalizadas, as unidades possuem sistemas de supervisão, comando, controle e proteção. Além disso, contam com vídeo-monitoramento para segurança, o que também permite aos operadores do COI visualizarem, de forma remota, as operações e serviços realizados nos equipamentos de alta tensão.

Veja também

WhatsApp-Image-2021-07-29-at-11.08.49

Ônibus e micro-ônibus de turismo estão proibidos na Rota do Lagarto aos finais de semana e feriados

WhatsApp-Image-2021-07-29-at-10.25.36

Família oferece R$ 200 de recompensa para quem achar cão desaparecido

Morta-em-em-Afonso-Claudio

Mulher é morta a facadas no meio de rua e acusado é procurado pela Polícia

acidente-Afonso-Claudio2

Acidente entre dois veículos interdita rodovia que liga a BR 262 a Afonso Cláudio

Ruas-ganham-novas-pinturas-em-Marechal-Floriano-2

Ruas ganham novas pinturas em Marechal Floriano

Vacina-Influenza-1-1-2

Estado registra em julho a maior procura por vacina da Influenza

WhatsApp-Image-2021-07-28-at-08.58.07

Chapas metálicas depositadas em Marechal Floriano embarcaram em carreta

WhatsApp-Image-2021-07-27-at-11.16.13

Calçamento de via pública ficará pronto em aproximadamente 30 dias em Marechal Floriano