Corpo de Bombeiros Militar inicia uso de novos uniformes

Publicado em 09/05/2023 às 15:12

Compartilhe

Corpo-de-Bombeiros-Militar-inicia-uso-de-novos-uniformes

As equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) deram início ao uso de novos uniformes adotados pela corporação, atendendo aos padrões internacionais de operacionalidade e segurança. O novo fardamento passa a ser nas cores azul e laranja, tem um visual mais vibrante e contrastante, e conta com tecnologia de proteção contra chamas e resistência a cortes e abrasão. O tecido é respirável e a roupa conta com joelheiras e outros itens que aumentam a proteção do bombeiro.

Além disso, o novo uniforme é composto por gandola, calça e boné, devendo ser usado, exclusivamente, pelas equipes em escala operacional, já que não se trata de um fardamento comum, mas um Equipamento de Proteção Individual (EPI). Inicialmente, foram adquiridos 1.600 conjuntos e está em andamento a compra de mais 1.500 novas fardas.

A substituição já começou pelas equipes de serviço do Corpo de Bombeiros. Dessa forma, neste momento os capixabas verão bombeiros militares com os dois tipos de fardamento: o antigo, cáqui, e o novo, azul e laranja.

“Esta é mais uma importante etapa da política de valorização das forças de segurança desenhada pelo governador Renato Casagrande. Com este investimento, o Espírito Santo passa a seguir padrões internacionais de segurança para bombeiros. Ao realizar o atendimento à sociedade capixaba, a segurança do nosso militar é o principal objetivo dessa mudança e agradecemos ao governador por esta sensibilidade”, disse o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Cerqueira.

O novo fardamento é composto de viscose e aramida, um material que oferece maior nível de proteção e que suporta altas temperatura e pressão. É mais resistente a cortes, além de ser antichamas. A aramida é usada na fabricação de coletes a prova de balas, equipamentos de segurança em áreas industriais, partes de aeronaves e carros de Fórmula 1. Fardas com este mesmo material já são amplamente utilizadas em corporações ao redor do mundo e em outros Corpos de Bombeiros do País.

“Funcionalidade, proteção, visibilidade e conforto estão reunidos neste fardamento. As cores deixam o militar em destaque durante o atendimento de ocorrências, tornando-o visível em meio à fumaça ou ao fogo. As propriedades térmicas e antichamas protegem o militar, caso fique exposto por muito tempo em um combate a incêndio, por exemplo”, explicou o comandante Cerqueira.

Fonte: Governo ES

Veja também

agro-17-06-ft-AgroUrbano-maquina-secadora-cafe

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

geral-17-06-ft-Ricardo-Medeiros-terceira-ponte

Governo do Estado inicia remoção das cabines da Terceira Ponte

saude-17-06-ft-sesa

Neurocirurgia transformadora: a jornada de dona Florentina para recuperar a fala e a mobilidade

geral-17-06-ft-Reproducao-Agencia-Brasil-termometro

Inverno começa nesta semana com temperaturas acima da média

politica-17-06-ft-Paulo-Pinto-Agencia-Brasil-pl-aborto

Após PL do aborto na Câmara, Senado discute o tema nesta segunda-feira

brasil-17-06-ft-reproducao-chuvas-RS

Ministro presta suporte após temporal em São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul

producao-industrial

Produção industrial cresce 6,2% no Espírito Santo

incendio-instalacao-eletrica

Saiba como evitar incêndios em instalações elétricas