Consulta ao Auxílio Brasil abre em dias, mas calendário já está liberado; veja

Publicado em 12/11/2021 às 12:51

Compartilhe

104792


source
Auxílio Brasil
Divulgação/Ministério da Cidadania

Auxílio Brasil

Nos próximos dias, o governo federal vai liberar a consulta aos benefícios do Auxílio Brasil e quem deve recebê-lo. Espera-se que sejam 17 milhões de famílias inscritas no CadÚnico. 

O nome do benefício mudou, mas a consulta seguirá sendo feita por meio do aplicativo antigo do Bolsa Família, ou pela Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania, por meio do telefone 121.

Os pagamentos estão previstos para iniciarem em 17 de novembro e seguirão o calendário do programa anterior. Os saques serão efetuados com o cartão antigo até que sejam emitidos novos cartões. 

Para ser candidato ao novo programa social do governo federal, a família deve estar inscrita no CadÚnico (Cadastro Único) e com as informações atualizadas no sistema.

Leia Também

Veja como saber se o seu CadÚnico está atualizado para receber o benefício.

CONFIRA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS DO AUXÍLIO BRASIL EM 2021

Final do NIS // Novembro // Dezembro 1 // 17/nov // 10/dez 2 // 18/nov // 13/dez 3 // 19/nov // 14/dez 4 // 22/nov // 15/dez 5 // 23/nov // 16/dez 6 // 24/nov // 17/dez 7 // 25/nov // 20/dez 8 // 26/nov // 21/dez 9 // 29/nov // 22/dez 0 // 30/nov // 23/dez


Veja também

© Washington Alves/COB/Direitos Reservados

Basquete: Brasil derrota Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

© Felipe Oliveira/EC Bahia/Direitos Reservados

Brasileiro: Bahia derrota Grêmio por 3 a 1 e deixa Z4

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

© Fernando Brito/MS

Fiocruz pede inclusão de BioManguinhos como produtor de IFA nacional

106933

Chineses ignoram governo e usam criptomoedas para mandar dinheiro para o Japão

106931

INSS: Normas temporárias para concessão de auxílio é constitucional, decide STF

106929

Campos Neto diz que inflação vai melhorar a partir de 2022