Após quase dois meses, ferroviários cortam árvores caídas em linha de trem

Publicado em 25/05/2021 às 13:42

Compartilhe

O escritório da empresa ferroviária VLI, existente em um imóvel ao lado de uma floresta, na sede de Marechal Floriano, que foi atingido por árvores e galhos durante um forte temporal no final de março, recebeu, no dia de ontem (24), os cortes das árvores caídas.

Após quase dois meses ferroviários cortam árvores caídas em linha de tremParte das árvores que estava ameaçando os transeuntes foram definitivamente decepadas com equipamentos apropriados para madeira, usados anteriormente em toda a linha férrea, quando havia queda na linha do trem. Na atualidade, somente os galhos finos permaneceram, mas sem oferecer perigo.

Moradores de Marechal Floriano afirmam que este trabalho mostra a responsabilidade da empresa com a segurança dos servidores e também das pessoas que visitam a margem da linha férrea para serem informados sobre o retorno do funcionamento dos trens.

O morador Adelmo Stein, que reside de frente ao imóvel, disse que os servidores da VLI mostram a responsabilidade ao fazerem a limpeza com o corte das árvores que ameaçam desabar. “Eles realizaram um trabalho visando a segurança da população que, mesmo sem funcionamento, convive com a linha férrea durante visitas temporárias”, disse.

Veja também

97735

Mulher denuncia empresa e pede demissão no alto-falante; veja o vídeo

97733

MetaRed X Brasil faz encontro de boas práticas em empreendedorismo universitário

© Reprodução Twitter/Bangu Atlético Clube

São Paulo autoriza volta do público aos estádios a partir de outubro

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Rio entra em risco moderado de transmissão da covid-19

97727

Gasolina fica mais cara em 18 estados após atualização do governo

97725

Abono do PIS/Pasep vai aumentar em 2022; simule quanto você vai receber

97723

INSS: pagamento de até um salário mínimo começa nesta sexta-feira (24)

97721

INSS: prazo para fazer prova de vida acaba em menos de uma semana